O Avaí encontrou o que era mais difícil, um substituto para o meia Marquinhos, ídolo do clube e que se aposentou na última temporada. Nesta quinta-feira, o time catarinense anunciou o acerto com o meia Gegê, ex-Botafogo e que trabalhou com o técnico Geninho no ABC de Natal. Com 24 anos, ele vinha atuando no Demirspor, da Turquia, e provavelmente vestir a camisa 10, chegando para ser titular em Florianópolis.

Gegê é formado nas categorias de base do Botafogo e subiu para o profissional em 2013. Chegou a ser titular no meio de campo, também vestindo a camisa 10, mas aos poucos foi perdendo espaço e acabou emprestado ao ABC. Com o clube carioca foram 77 jogos e 14 gols em quatro temporadas. Em Natal novamente atuou no time principal, com 51 partidas em 2017, além de incríveis 10 bolas na rede.

Na Turquia, Gegê fez apenas 12 partidas, sendo oito como titular e mais quatro saindo do banco de reservas, e marcou apenas um gol. A oportunidade de voltar a atuar com o técnico Geninho pesou na balança e o meia aceitou a proposta do Avaí, que está de volta à Série A do Campeonato Brasileiro. Canhoto, ele é conhecido pela presença ofensiva e a qualidade na finalização de fora da grande área. Pode atuar como ponta esquerda também.

Com a oficialização de Gegê, o Avaí já tem sete jogadores confirmados para a próxima temporada. São eles: Betão, Marquinhos Silva, Iury, Getúlio, André Moritz e Matheus Barbosa. O goleiro Maurício Kozlinski e o lateral esquerdo João Paulo, por outro lado, já se despediram dos companheiros e não seguem em Florianópolis.

Fonte: Futebol Interior