Um descuido no último lance custou caro ao Botafogo. O time cedeu o empate ao Fluminense, neste domingo, em Volta Redonda. Um vacilo da defesa menos vazada do Campeonato Carioca – agora ao lado da do Flamengo.

“Último lance, a defesa demorou a organizar, e o Fluminense bateu muito rapidamente. Isso foi marcante. Gum conheço bem, ponto forte é o jogo aéreo. Trabalho todos os sábados da mesma maneira: bola aérea, bola parada, jogadas ensaiadas… Número de gols que levamos, quatro, não temos a fórmula do sucesso. Temos de trabalhar muito para diminuir a margem de erro”, analisou o técnico Ricardo Gomes.

Vacilo à parte, Ricardo Gomes ficou satisfeito com a qualidade do clássico.

“Bom jogo, primeiro tempo equilibrado, no segundo o Botafogo foi melhor. Como aconteceu contra o Vasco, quando tivemos a felicidade de marcar no fim. Acontece. O que importa é a qualidade do jogo. Mais importante do que o resultado”, encerrou.

Fonte: O Dia Online