Ricardo Gomes confirma mudança de esquema tático: ‘Precisamos de alternativas’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Ricardo Gomes já sabe que ingredientes usará para preparar o Botafogo que enfrenta o Boavista, neste domingo, pela última rodada da Taça Guanabara. Mas o treinador fez mistério e revelou apenas a forma do bolo alvinegro. O esquema com três volantes ficará para trás, e o 4-4-2 dos primeiros jogos da temporada voltará ao cardápio.

— Nós temos um padrão, mas precisamos de alternativas. Quando você perde dois volantes, tem que mudar o esquema para não prejudicar a qualidade ofensiva e defensiva — explicou o treinador, em referência a Airton e Fernandes, lesionados.

Luis Henrique e Neilton foram testados no time titular durante a semana, mas encaram a concorrência de Ribamar por duas vagas. O centroavante passou os últimos dias treinando com a seleção brasileira sub-20, na Granja Comary, mas deve voltar a tempo da partida de domingo.

Quem parece carta fora do baralho alvinegro, ao menos por enquanto, são os meias estrangeiros Damián Lizio e Gervasio Núñez.

— Eles ainda não se adaptaram ao futebol brasileiro e perderam espaço. São bons jogadores, vão ser aproveitados, mas não será neste campeonato — avisou Ricardo Gomes.

Na zaga, Renan Fonseca tem a escalação confirmada, uma vez que Emerson Santos ainda faz trabalhos físicos para se recuperar de uma lesão na coxa esquerda:

— Pensei que ele conseguiria jogar a última partida, mas sentiu uma dor estranha. Não posso correr o risco de queimar uma substituição. Então, vamos esperar o Emerson para a semifinal.

Notícias relacionadas