A produção do Botafogo na derrota por 2 a 1 contra a Desportiva Ferroviária deixa o técnico Ricardo Gomes em alerta. O comandante se disse mais preocupado com a atuação da equipe do que com o resultado em si.

“O resultado não importa tanto. Gostei menos da atuação do primeiro tempo. O primeiro chute foi aos 25 minutos e isso é muito pouco”, explicou o treinador, que ressaltou a necessidade de que não haja pressão por causa do placar adverso.

“Isso é normal. Estava tudo dentro da programação, está só começando, tem muita coisa pra acontecer”.

Na partida contra a Desportiva, o Botafogo sofreu dois gols em bola parada, em jogadas muito semelhantes. Sobre isso, Gomes também pregou a continuidade do trabalho como a solução para o problema.

“Precisamos trabalhar. Os zagueiros demoraram a reagir nos dois gols, e com o mesmo jogador, mas isso é trabalho”, pontuou o técnico do Alvinegro. Ele, inclusive, deu o tempo necessário para que a equipe esteja melhor.

“Estamos entrando nos eixos, mas não vai ser agora, no próximo jogo. Isso demora um mês, um mês e meio”.

A derrota deste sábado foi o primeiro amistoso dos cariocas. Antes, o time havia realizado um jogo-treino contra o Rio Branco-ES, no qual goleou por 7 a 0. O Botafogo estreia no Campeonato Carioca no próximo sábado, contra o Bangu, fora de casa.

Fonte: Gazeta Esportiva