Ricardo vê time mais descansado e projeta melhor jogo contra o Sampaio Corrêa

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

O Botafogo lidera a Série B de forma incontestável e não teve um caminho fácil até os 55 pontos. Após uma maratona grande de jogos, o Glorioso enfrentará o Sampaio Corrêa, sexta-feira, às 21h, no Maranhão, com o físico revigorado. Com as pernas novas, Ricardo Gomes espera um jogo melhor do Alvinegro e não pensa somente no resultado.

– Cada jogo é uma história e será uma partida complicada. Nós tivemos uma semana de trabalho e eles também. Não podemos garantir resultado, mas o jogo vai ser melhor pelo frescor físico do time, o que já tinha reclamado outras vezes aqui – disse Ricardo.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Ricardo Gomes:

JAIR VENTURA: O FACILITADOR

– Teve uma pessoa muito importante dessa transição do René pra mim, que é o Jair Ventura. Eu não o conhecia e me ajudou bastante desde quando cheguei aqui. Foi o motor dessa transição, méritos para ele. É raro encontrar isso numa comissão técnica e ele fez isso com muita competência.

CLUBE ORGANIZADO

– Não quero melhorar aproveitamento, eu quero é conquistar os três pontos. Ainda bem que encontrei um clube bem organizado, o que facilitou o meu trabalho. Com todas as minhas dificuldades após os quatro anos parados, foi muito importante os profissionais do clube.

JOGO A JOGO

– Sou fraco de previsão e vou no máximo até sexta-feira contra o Sampaio Corrêa. Erro quase todas as previsões e não vou arriscar dessa vez.

AVALIAÇÃO DO TRABALHO

– O futebol não é uma ciência exata e é difícil falar. Cheguei numa situação em que o time estava caindo, fazendo dois gols em oito jogos. Depois encontramos uma maneira de jogar, nos organizamos e voltamos a vencer. O Jair foi muito importante para mim nessa transição. No campeonato de pontos corridos não existe um time mandando muito bem do início ao fim, a não ser que seja um grande time. Oscila mesmo, não tem jeito. Não vou cravar nada e o que posso fazer é elogiar as pessoas experientes do futebol que me ajudaram desde a chegada ao Botafogo.

Notícias relacionadas