Risco de novos protestos por conta de atraso salarial é minimizado por Bolívar

Compartilhe:

O reinício do Campeonato Brasileiro está próximo e o Botafogo, que ainda pensa na parte de cima da tabela, corre o risco de não engatar uma boa regularidade em campo, o que seria um reflexo da crise financeira pela qual o clube está passando.

O recesso para a Copa do Mundo deveria ter sido utilizado para ajustes extracampo, porém os mesmos não foram alcançados. Não em início de julho, os jogadores botafoguenses não entraram em campo para a disputa de um amistoso contra o xará da Paraíba, motivados pelo atraso salarial.

O receio da diretoria e está justamente no fato de ser possível um novo atraso e isso influenciar de desempenho dos atletas em campo.

No entanto, conforme o discurso do zagueiro Bolívar, o clima entre os atletas é de tranquilidade sobre o assunto. “Nosso foco continua nos treinos. Estamos concentrados para reiniciar bem o Brasileiro. Sabemos que a diretoria tem capacidade para superar esse problema. Queremos fazer um bom trabalho nas partidas para darmos bons resultados aos torcedores”.

No primeiro semestre o elenco já havia feito um protesto por conta dos atrasos: no início de um dos treinos, os jogadores sentaram-se no gramado por dez minutos.



Fonte: Futnet
Comentários