Os duelos entre Botafogo e Grêmio sempre vão sempre remeter à disputa nas quartas de final da Copa Libertadores de 2017. Porém, a partida que vai se repetir na tarde deste sábado, em Porto Alegre (RS), desde 2016 tem tido as copas como plano de fundo. Seja decidindo a classificação, seja por necessidade de poupar jogadores. Desta vez, os dois times vão botar o que têm de melhor, e o Glorioso quer se aproximar do G6 do Campeonato Brasileiro.

A partida começa as 16 horas e terá transmissão em tempo real do site do LANCE!. O Grêmio superou o Estudiantes (ARG), na última terça-feira, pelas oitavas da Libertadores, e chega para este fim de semana embalado.

– A equipe tem um elenco forte, um treinador experiente. Independentemente de quem vai entrar, vai nos propor um desafio difícil. O Grêmio poucas vezes perde ponto lá – lembrou Zé Ricardo, técnico do Glorioso.

De fato, a última vitória alvinegra na casa do rival de hoje foi na última rodada do Brasileirão de 2016. O jogo leva boas lembranças ao torcedor pois foi com aquele 1 a 0 sobre os reservas gaúchos que os comandados de Jair Ventura se garantiram na principal competição do continente.

No Rio, o jogo do primeiro turno, neste ano, teve o Grêmio com suplentes também, e o Alvinegro venceu. Ano passado, um dos jogos também teve maioria de reservas por parte do Tricolor. O Botafogo saiu vitorioso. Evidencia-se então que, diante dos titulares do Imortal, a única possível vantagem do Alvinegro é de ter apenas treinado no meio da semana.

– É muito favorável para nós, não vou mentir. Já estivemos na situação deles, sabemos quanto pesa. Foi assim quando jogamos contra o Nacional no meio de semana (vitória por 2 a 0) e, no fim de semana, pegamos o Atlético-MG, em casa (derrota por 3 a 0). No segundo tempo, já estávamos com as pernas um pouco pesadas. Pesará muito para o Grêmio da mesma maneira. Mas são 25 jogadores de qualidade lá. Quem entrar vai entrar bem – avisa Jean.

Seja para olhar mais para perto de uma vaga na próxima Copa Libertadores ou para recordar a vitória na última partida da Copa Sul-Americana, o Glorioso precisa da vitória. Mas vai necessitar também superar um dos times com maior fama de “copeiro” do país.

BOTAFOGO X GRÊMIO DESDE 2016

28/4/2018
O Grêmio estava com reservas no Nilton Santos por conta da Libertadores logo depois. Haveria partida contra o Cerro Porteño. O Glorioso venceu por 2 a 1.

20/9 e 13/9/2017
Antes, houve os dois jogos pelas quartas de final da Copa Libertadores do ano passado: 0 a 0 no Rio e 1 a 0 para o Tricolor, este em Porto Alegre.

13/8/2017
No segundo turno do Brasileirão de 2017, o Alvinegro jogou com time misto e o Grêmio teve reservas em campo. Triunfo da equipe botafoguense no Nilton Santos por 1 a 0.

14/5/2017
Na abertura da competição, os dois times puseram os titulares e o Tricolor venceu por 2 a 0.

11/12/2016
O último jogo do Brasileirão de 2016 foi contra o mesmo Grêmio, que fora campeão da Copa do Brasil três dias antes. O Glorioso se classificou para a Libertadores com 1 a 0 sobre os reservas do Tricolor.

4/9/2016
O duelo do primeiro turno daquele ano não teve relação direta com copas próximas, mas ficou marcado pelo gol de bicicleta de Camilo e pela fratura no tornozelo esquerdo de Luis Ricardo: vitória alvinegra por 2 a 1.

Fonte: Terra