O técnico Vinícius Eutrópio será obrigado a mudar o time do Figueirense mais uma vez. Agora, o treinador perdeu o volante Elicarlos e o atacante Rafael Moura, ambos poupados. O volante teve um corte na cabeça, onde levou 12 pontos, depois de um choque com He-Man na vitória do Furacão sobre o Internacional, no último domingo.

Depois de ser avaliado por médicos e ficar em observação, o atleta permanece em repouso e deve retornar aos treinos na quinta-feira.

— Por precaução, é preciso esperar 72 horas, estamos controlando. Ele está em repouso em casa e, a partir de quinta-feira, deve estar voltando aos trabalhos iniciais — disse o médico do clube, Sérgio Parucker, ao repórter Fabiano Linhares, da Rádio CBN Diário.

Rafael Moura teve um contratura e para não complicar mais a lesão ele ficou em Florianópolis.

— O Rafael apresentou uma dor muscular, uma contratura. Às vezes, essas contraturas demoram até uma semana para regredir, fica um pouco de edema. Ele queria jogar, é uma situação que ele se sentia bem, mas, infelizmente, ele apresentou novamente a dor muscular. Estamos controlando desde o jogo contra o São Paulo — completou Parucker.

A situação mais grave é do meia Carlos Alberto. Ele teve uma nova lesão e desfalcará o Furacão por até duas semanas.

— O Carlos Alberto teve uma lesão de grau um, está em recuperação. Nós esperamos que em duas semanas ele esteja apto a retornar — finalizou.

Fonte: Diário Catarinense