Na primeira decisão da semana, o Vasco já saiu vencedor. A sexta comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva julgou os casos de Bernardo e Guiñazu, envolvidos em confusão no clássico contra o Flamengo. Pelo resultado, nenhum deles irá desfalcar a grande final do Estadual, domingo, contra o Botafogo.

Dos dois, Guiñazu foi absolvido por unanimidade. Os auditores entenderam que o volante não agrediu Anderson Pico, como relatado na súmula. Já Bernardo foi punido com uma partida de punição. Por já ter cumprido, está garantido na final.

– Foi justo. A gente acompanhou, ficou um pouco tenso. Mas, graças a Deus, deu tudo certo. Estou feliz e estamos focados na final já – disse o meia Bernardo.

Os dois rubro-negros julgados, Anderson Pico e Paulinho, também escaparam de punições mais severas. O atacante foi absolvido pela falta em Bernardo. Já o lateral foi punido por um jogo. Assim como Bernardo, ele também já cumpriu a suspensão.

Fonte: Extra Online