Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Rival: Sem Rodrigo, Ponte conta com voltas de Sheik, Elton e Marllon e pode ter estreia

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Gilson Kleina vem fazendo mistério sobre a escalação do time da Ponte Preta que entra em campo contra o Botafogo, às 16h deste domingo, no estádio Moisés Lucarelli. Entretanto, após uma semana inteira de treinos, o time volta aos gramados com a possibilidade de estreia de Léo Gamalho e conta com os retornos de Marllon, que cumpriu suspensão na última rodada; Elton, que está recuperado de dores no joelho, e Emerson Sheik, que não jogou contra o Sport por conta de desgaste físico.

Yago é outro nome que volta a aparecer na equipe, depois de três meses e meio se recuperando de uma cirurgia no joelho. Porém, contra o Botafogo, Rodrigo cumpre suspensão e não entra em campo. No departamento médico seguem Renato Cajá, que passa por um tratamento por conta de uma inflamação no joelho, e João Vitor, que se recupera de uma cirurgia no tornozelo.

Ocupando a 14ª colocação do Campeonato Brasileiro no comando da Macaca, o técnico Gilson Kleina afirma que o time pode apresentar um rendimento maior em campo, já que terá o retorno de peças importantes entre os titulares.

– Com Elton, Marllon, Sheik, voltamos a ter um corpo, uma equipe mais consistente, volta a encorpar Temos também a opção do Léo Gamalho. Esse tempo para trabalhar foi importante para as coisas voltarem a funcionar novamente. Treinamos muita coisa tática, exigimos bastante dos jogadores, conversamos. Foi o que falei. Nossos principais reforços vieram do departamento médico – declarou o comandante.

Com as alterações pontuais realizadas, a Ponte Preta deve entrar em campo formada por Aranha, Jeferson, Marllon, Luan Peres e Danilo; Naldo, Elton, Jean Patrick e Léo Artur (Felipe Saraiva); Lucca e Emerson Sheik. Dewson Fernandes Freitas da Silva apita o jogo auxiliado por Hélcio Araújo Neves e Jose Ricardo Guimarães Coimbra, ambos do Pará.

Notícias relacionadas
Comentários