No gol de Barrios, o centroavante do Grêmio ganhou uma disputa pelo alto com o jovem Matheus Fernandes, quase na pequena área, e cabeceou sem chances para Gatito. Rodrigo Lindoso fez questão de absolver o volante de 19 anos.

– Acho que todo jogo tem que ser cirúrgico, temos que ter tranquilidade. Hoje, por incrível que pareça, criamos bastante. Eles tiveram bola na trave, os lances de mais perigo no 1º tempo foram em bolas de lateral. Criamos mais, teve o Pimpão duas vezes, a bola na trave do Bruno… No 2º tempo a gente sabia que eles não iam querer se arriscar ao extremo, e foi isso que aconteceu. Esses jogos são definidos em detalhes. Acho que não foi erro. O Matheus não foi o culpado do gol. Não sei nem se foi falta, o Barrios fez a carga nele. Não teve culpado, ninguém errou – ressaltou Lindoso.

Fonte: O Globo Online