Artilheiro do Botafogo na temporada, Roger decidiu o clássico do último domingo, fez dois gols e foi decisivo para o fim do tabu de vitórias diante do Flamengo. Eram dois anos e meio sem vencer o rival. Com o triunfo, a situação inverteu: são três anos ser perder para o Rubro-negro em jogos do Brasileiro.

O camisa 9 mostrou toda sua felicidade nessa segunda-feira, dia seguinte do clássico. O alívio ficou claro com a resposta do atacante.

“Fico feliz, de fazer o que eu amo, pelos gols, por ter vencido o clássico, precisávamos vencer esse adversário. Estava virando motivo de chacota. Traz muita alegria para mim”, disse o atacante do Botafogo.

Vale lembrar que o Botafogo foi eliminado pelo Flamengo há menos de um mês na semifinal da Copa do Brasil. Segundo Roger, a queda trouxe ensinamentos e que ajudarão o Alvinegro nas próximas partidas.

“A semifinal a decepção foi muito grande, da forma como saímos. Ficamos com a sensação de que poderíamos ter feito mais, de ficar com a bola de jogar um pouco mais. Garra, empenho, isso não falta. Às vezes corre um pouco de risco, mas quando sai com a bola dominada tem mais chances de criar mais oportunidades”, explicou Roger.

Agora o Botafogo tem o Grêmio pela frente nas quartas de final da Libertadores. O primeiro jogo será nesta quarta-feira, no Nilton Santos. No dia 20, as equipes decidem vaga na semifinal em Porto Alegre.

Fonte: UOL