Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Rueda e Jair elogiam Botafogo e Flamengo na véspera do segundo duelo semifinal

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Após empatarem no primeiro duelo da semifinal da Copa do Brasil, Flamengo e Botafogo voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, decidindo quem será o finalista da competição. Nesta terça-feira, as duas equipes realizaram os últimos trabalhos antes da decisão e após os treinos os comandantes Reinaldo Rueda e Jair Ventura conversaram com a imprensa.

Pelo lado do Bota, mesmo com a vantagem do empate com gols para se classificar, o time terá importantes desfalques para o duelo. Além dos reforços contratados para o segundo semestre (Valencia, Arnaldo, Brenner e Marcos Vinícius), o time não terá Carli e Pimpão, suspensos.

Jair Ventura, no entanto, garantiu que o Botafogo está preparado para a decisão, afirmando que o Botafogo está acostumado com jogos deste tipo.

“Estamos passando por mata-matas desde o início do ano. Estamos acostumados com essa situação. Mas isso não quer dizer que vamos sair na frente e que somos favoritos. Está tudo aberto. Mas estamos acostumados a essa situação”.

Sobre o adversário, Jair enfatizou o talento individual do time rubro-negro, mostrando preocupação com jogadores que podem fazer a diferença na hora da decisão.

“O poder de decisão de grandes jogadores. Guerrero, que não sabemos se joga, o Diego, o Everton, que foi meu jogador aqui. É claro que lá tem trabalho. Mas os grandes jogadores desequilibram em algum momento. Essa é a situação que preocupa. O Vinícius é um jogador diferenciado. Até por isso já foi vendido. Os valores individuais e o talento são o grande pesadelo e tiram o sono do treinador adversário”.

Do outro lado, a grande dúvida do técnico colombiano, Reinaldo Rueda, é Paolo Guerrero. O peruano está em fase final de recuperação e não foi confirmado para o duelo, apesar do tom otimista do comandante.

“Paolo [Guerrero] fez primeiro um trabalho com fisioterapeuta e preparador físico e deu boa reposta. Hoje [terça-feira] também está com mais estímulo, mas o departamento médico não definiu. Faremos uma última avaliação na quarta para saber se podemos contar com ele”, explicou o treinador.

‘É importante não forçar. Ele é muito motivado. É uma decisão para avaliar, quanto tempo pode estar no campo. Se inicia, ou se pode entrar. Vamos considerar isso. Mas é difícil determinar quanto tempo. Vai ser um jogo intenso’, afirmou o treinador do Flamengo’

O técnico colombiano ainda afirmou que a situação do camisa 9 vai definir a estratégia de como utilizá-lo, caso seja possível.

”Eu penso que é melhor iniciar, porque se tem dificuldade, pode mudar. As duas opções são boas, esperar também o rival estar desgastado. Tudo vai depender de como estará amanhã para determinar se começa e o que fazemos com ele”, completou Reinaldo Rueda.

Sobre o adversário, o comandante fez elogios a obediência tática dos jogadores e a força ofensiva.

“É um adversário maduro e em bom momento. Está muito focado e obediente taticamente. Eles têm como fazer os dois fácil, ou sair para buscar o jogo ou esperar e sair fortes no contra-ataque. Temos que jogar, porque eles podem apresentar as duas opções” finalizou.

Notícias relacionadas
Comentários