Em seu primeiro contato com os jornalistas, o técnico Oswaldo de Oliveira declarou que pretende contar com o atacante Neilton, cujo contrato com o Santos se encerra em maio. No entanto, a permanência do jogador, de 19 anos, ainda é incerta.

Nesta quinta-feira, uma nova reunião será realizada entre a diretoria, o empresário do atleta, Hemílton Bernard, e um fundo de investimentos. Na terça-feira, três alternativas de negócio foram mostradas. Em resumo, o fundo oferece a compra de parte dos direitos econômicos que pertencem ao clube – que tem 70% – e a co-participação no salário do garoto.

– As conversações têm de evoluir melhor. Ele diz que tem clubes interessados e vamos continuar conversando. Para ele ficar, tem de desejar e apresentar uma proposta que achemos adequada. Caso contrário, fica liberado para negociações – explicou o presidente em exercício, Odílio Rodrigues.

O atacante não foi relacionado para o jogo de quarta-feira na Copa São Paulo, contra o Capital (DF). Segundo Bernard, o jogador foi poupado.

Nas últimas semanas, o LANCE!Net mostrou que o Alvinegro ofereceu um novo contrato de quatro anos, com R$ 100 mil de luvas. O salário pularia de R$ 9 mil para R$ 30 mil, o que desagradou o atacante de 19 anos e o agente. Após isso, Bernard abriu conversas com o fundo, como última tentativa de conciliação.

Fonte: Lancenet!