Seedorf diz que foi mal-interpretado após declarações sobre Allegri e se desculpa

Compartilhe:

Clarence Seedorf se desculpou nesta sexta-feira com o técnico Massimiliano Allegri. Via imprensa italiana, o craque holandês afirmou que suas declarações sobre o treinador do Milan foram mal-interpretadas e culpou ainda a tradução. Na última quinta, o jogador do Botafogo foi convidado especial do programa “Redação SporTV” e disse que sua relação com o comandante italiano não era das melhores, um dos motivos para ter decidido sair dos rossoneri.

– A tradução foi errada. Meus comentários não foram como eu realmente disse. Espero que Allegri faça tudo certo, e quero ver o Milan indo bem. Eu nunca quis atacar o técnico ou o clube. Peço desculpas se eu criei algo controverso. Eu simplesmente respondi às perguntas sobre o motivo de eu ter saído do Milan. Se minha explicação foi vista como uma ofensa ao Allegri, então peço desculpas. Eu respeitei as decisões do treinador e quis sair – disse ao canal de TV “Sky Sport Italia”.

As declarações de Seedorf na última quinta repercutiram de imediato na Velha Bota e ganharam espaço nos principais jornais do país. Na ocasião, o holandês disse que trocou a Itália pelo Brasil para ganhar motivação. Além disso, garantiu que o convívio com Allegri não era muito bom.

– A relação com o treinador não era das melhores. Não por questões pessoais. Ele me fez jogar todos os jogos importantes, contra Juventus, Arsenal e Inter… e depois me colocava quatro partidas no banco. Eu sempre fui um jogador que jogava direto e depois, com a sequência, tinha que descansar e fazer uma rotatividade. Mas ele optou por outro caminho e isso acabou fazendo as pessoas se questionarem se eu estava bem. Se podia continuar jogando – contou Seedorf na última quinta-feira.

Ironicamente, Seedorf é um dos candidatos a substituir o próprio Allegri no comando do Milan a partir da próxima temporada. Ele, que já afirmou desejar se tornar um treinador no futuro, divide a preferência da torcida com Filippo Inzaghi, ex-centroavante e hoje técnico da equipe de juniores do próprio Rubro-Negro.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários