O técnico Alexandre Gallo convocou nesta sexta-feira (9) os 24 jogadores que farão a preparação da seleção brasileira para o Torneio de Toulon, na França, entre 22 de maio e 1º de junho. Vinte atletas estarão na lista final e poderão desfalcar suas equipes no Campeonato Brasileiro por até cinco rodadas.

NOTA DA REDAÇÃO FN: no Botafogo, André Bahia é o provável substituto de Dória.

A preparação começa em 15 de maio, no Espírito Santo, e a seleção embarcará já com os 20 atletas escolhidos no dia 19. A estreia ocorre três dias depois, com a Coreia do Sul, e a final do torneio será em 1º de junho.

Se a seleção chegar à decisão, os convocados poderão desfalcar as equipes entre a quinta e a nona rodada – justamente a última antes da pausa para a Copa do Mundo. Os clubes, no entanto, não são obrigados a liberar os jogadores pois não se trata de uma competição oficial da Fifa.

A lista conta com jogadores que já se destacam em suas equipes, como Ademilson, Rodrigo Caio e Lucas Evangelista (São Paulo), Wendell, Jean Deretti e Luan (Grêmio), Wallace e Lucas Silva (Cruzeiro), Leandro (Palmeiras), Mosquito (Atlético-PR), Dória (Botafogo), Jubal (Santos) e Gilberto (Internacional).

Na relação dos estrangeiros, estão o zagueiro Marquinhos (PSG), o atacante Lucas Piazon (Chelsea), o lateral esquerdo Douglas Santos (Udinese) e o goleiro Ederson (Rio Ave).

Além da Coreia do Sul, o Brasil enfrentará Colômbia, Inglaterra e Qatar no Grupo B do torneio. Os dois melhores avançam à semifinal. O Grupo A conta com México, Portugal, França, China e Chile.

Campeão em 2013, o Brasil já venceu a competição sete vezes – em número de conquistas, só perde para a França, que tem 11.  Futuros campeões mundiais pela seleção, Taffarel, Mazinho, Cafu, Jorginho, Leonardo, Márcio Santos e Kaká já participaram do torneio.

A CBF anunciou também a convocação para a Panda Cup, uma competição na China entre 4 e 8 de junho, com jogadores de até 19 anos.

Desta lista, fazem parte atletas como Boschilia e Ewandro (São Paulo), Breno e Matheus Biteco (Grêmio), José Welison (Vitória), Mateus Müller (Palmeiras), Otávio (Internacional) e Andreas Pereira (Manchester United) – este último, nascido na Bélgica, filho de pais brasileiros.

Fonte: UOL