O Botafogo recebeu uma ducha de água fria ao ser informado pelo Palmeiras de que Erik não estaria disponível para novo empréstimo em 2019. Isso implica diretamente que o atacante que se destacou na reta final do Campeonato Brasileiro com cinco gols não fica em General Severiano, já que o clube não tem condições de fazer o investimento necessário para comprá-lo – os paulistas adquiriram jogador por R$ 13 milhões em 2015.

Sem Erik, o Botafogo já tem uma nova aposta para a próxima temporada. E a boa notícia é que o reforço virá de graça. Leandro Carvalho chegou ao clube no início do ano, mas teve dificuldade para encontrar seu espaço e foi emprestado ao Ceará. No clube de Fortaleza, onde já havia se destacado em 2017, o veloz atacante voltou a ter boas atuações e encheu os dirigentes cariocas de certeza.

Não há qualquer dúvida entre os dirigentes de que Leandro Carvalho será um grande acréscimo ao elenco na próxima temporada. Com a confirmação de que Erik não ficará, espera-se que o atacante assuma o posto e repita as boas atuações do Ceará com a camisa do Botafogo.

A diretoria, inclusive, faz mea-culpa para que Leandro Carvalho não tenha se adaptado no Botafogo no início do ano. A escolha de Felipe Conceição como treinador gerou um conturbado período que prejudicou até mesmo o desenvolvimento de certos atletas.

Luiz Fernando, por exemplo, oscilou e demorou a engrenar. Mas ficou no Botafogo, rendeu o esperado e hoje é uma das principais peças ofensivas do time. A diretoria acredita que Leandro Carvalho teria tido história semelhante se não tivesse ido ao Ceará.

Por outro lado, o período em Fortaleza fez com que Leandro Carvalho recuperasse o bom futebol e a autoestima, o que é considerado fundamental pelo Botafogo.

Fonte: UOL