Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

04/04/21 às 17:00 - Giulite Coutinho

Escudo Botafogo
BOT

1

X

1

Escudo Portuguesa
POR

Sem gol na reestreia, Jobson diz que seria melhor voltar a marcar contra o Fla

0 comentários

Compartilhe

Na última semana, o técnico Vagner Mancini disse que Jobson seria de grande importância para tirar o Botafogo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. No domingo, o atacante fez sua reestreia pelo clube, no empate em 1 a 1 com o Sport, no Raulino de Oliveira. Na coletiva de imprensa desta segunda-feira, no Engenhão, o jogador revelou cansaço diante do Leão, mas deixou claro que vai se empenhar para tirar o Glorioso da incômoda 17ª posição, com 30 pontos.

“Estou melhorando muito. Treinei bastante nesse tempo que fiquei nessa novela de jogar ou não jogar. Fiquei tranquilo no jogo porque tenho que pegar mais confiança, também. Me senti um pouco cansado no final, mas eu queria ficar para pegar ritmo de jogo. Agora é treinar bastante, ainda temos nove jogos para mostrar mais e sair dessa situação”, comentou Jobson.

O gol na reestreia não saiu. Para Jobson, foi melhor assim. Ele quer voltar a marcar com a camisa do Botafogo no clássico contra o Flamengo, no próximo sábado, na Arena da Amazônia, às 21h. Antes, o Glorioso enfrenta o Coritiba nesta quarta-feira, no Couto Pereira, às 22h.

“Era bom ter feito um golzinho, mas isso vai sair naturalmente. Quem sabe não estou guardando contra o Flamengo? Vai ser melhor”, disse o camisa 10 do Botafogo, que lembrou da sua passagem pelo clube em 2009.

“Tínhamos jogadores mais experientes. Agora é mais garotada, mas não é diferente. São todos profissionais aqui e, apesar de serem novos, são capazes de ajudar o Botafogo. Em 2009 foi mais difícil porque nos livramos na última rodada e esse ano nós ainda temos nove jogos pela frente”, finalizou.

Comentários