Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Sem Kanu, Botafogo terá dupla de zagueiros inédita na temporada

26 comentários

Compartilhe

Sem Kanu, Botafogo terá dupla de zagueiros inédita na temporada
Vitor Silva/Botafogo

Marcelo Chamusca tem uma dor de cabeça. Sem poder contar com Kanu, expulso na derrota para o Flamengo, o treinador do Botafogo terá que remodelar a linha de zagueiros para a partida contra o Nova Iguaçu, no próximo domingo, pela 6ª rodada do Campeonato Carioca. O duelo ficará marcado por, necessariamente, uma nova dupla atuando junto.

Sem o camisa 2 e tendo Sousa diagnosticado com Covid-19 e cumprindo quarentena em casa, Chamusca tem entre três opções para escolher dois zagueiros visando o time titular: Gilvan, Joel Carli e Marcelo Benevenuto.

O último vem atuando como titular ao lado de Kanu durante os seis primeiros jogos da temporada, mas vem de duas atuações marcadas por jogadas que resultaram – ou, pelo menos, ajudaram – em gols dos times rivais: diante do Vasco, não afastou a bola que gerou o escanteio do empate Cruz-maltino. Contra o Flamengo, foi facilmente superado por Rodrigo Muniz dentro da área.

Ele, contudo, traz uma característica que nenhum dos outros dois “concorrentes” possui: velocidade. Joel Carli e Gilvan são zagueiros altos e de pouca mobilidade, marcados pelo posicionamento na linha defensiva e bom aproveitamento no jogo aéreo.

O argentino, que foi recentemente regularizado no BID, ainda não jogou desde que retornou ao Botafogo, mas afirmou, durante a apresentação, que está se sentindo bem fisicamente. Já Gilvan entrou no decorrer de duas partidas, mas ainda não teve uma quantidade de minutos considerável para mostrar serviço.

Necessariamente, a linha de zagueiros do Botafogo contra o Nova Iguaçu terá ou Carli ou Gilvan, defensores altos e lentos, “quebrando” a característica que aparecia com Benevenuto e Kanu, jogadores de mais mobilidade vindos da primeira linha do gramado.

Fonte: Terra

Comentários