No dia 27 de maio de 2016, o Botafogo surpreendeu e anunciou a contratação do volante Dudu Cearense. Com passagem pela Seleção Brasileira, o atleta vinha em baixa na carreira. Naquela época, então com 33 anos, o atleta estava disputando a Série C com o Fortaleza, que no ano que vem estará na elite do futebol brasileiro.

Com isso, o jogador foi contratado a de Ricardo Gomes, por conta das lesões de Rodrigo Lindoso e Airton, atualmente no Fluminense. Em sua primeira temporada com a camisa do Alvinegro Carioca, disputou 16 partidas, 10 como titular e seis entrando no decorrer dos jogos, e anotou um gol. Em 2017, atuou mais, entrando em campo em 25 oportunidades, 13 saindo do banco e 12 começando, e marcou um tento.

Novamente o clube da Estrela Solitária surpreendeu e renovou o contrato do jogador, reserva e se encaminhando para o final da carreira, por mais uma temporada. No entanto, desta vez, a história não deve se repetir. Dessa forma, em dezembro deste ano, quando se encerra o vínculo de Dudu Cearense com o Botafogo, o atleta vai deixar o clube.

2018

Na atual temporada, Dudu Cearense atuou em apenas seis jogos. Cinco vindo do banco de reservas e um começando entre os 11. No total, atuou por 134 minutos e não balançou as redes. O atleta recebe algo entorno de 100 a 150 mil reais por mês. Até o momento, o volante não foi utilizado pelo técnico Zé Ricardo. A última vez que esteve em campo pelo Botafogo foi no dia 13 de junho, ainda sob o comando de Alberto Valentim, na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético Paranaense, no Estádio Nilton Santos, quando entrou aos 89 minutos.

Antes de chegar ao Botafogo, o volante, revelado pelo Vitória, passou por: Kashiwa Reysol, do Japão; Rennes, da França; CSKA, da Rússia; Olympiacos e Omilos Filathlon Irakleiou, ambos da Grécia; Atlético-MG; Goiás; Maccabi Netanya, de Israel; e Fortaleza.

Títulos na carreira

Cinco torneios regionais: Copa do Nordeste (2003); Campeonato Mineiro (2012); Cearense (2015 e 2016) e Carioca (2018).

11 competições nacionais: Campeonato Russo (2005 e 2006); Taça da Rússia (2004/2005, 2005/2006 e 2007/2008); Supertaça da Rússia (2006 e 2007); Liga Grega (2008/2009 e 2010/2011); Copa da Grécia (2008/2009) e Campeonato Brasileiro Série B (2012).

Dois títulos pela Seleção Brasileira: Mundial Sub-20, em 2003, e a Copa América, em 2004.

Fonte: Esporte 24 Horas