A ideia da diretoria do Botafogo de fazer com que o Estádio Caio Martins volte a receber jogos de futebol da equipe profissional foi adiada para 2017. Sem recursos para realizar as reformas necessárias no local, o Glorioso seguirá sem uma casa fixa na atual temporada. Com isso, a partida da semifinal do Carioca, contra o Fluminense, no próximo domingo (24), ainda não teve seu palco definido.

Inicialmente, a ideia dos dirigentes era liberar o Caio Martins para jogos do Campeonato Brasileiro. Como não foi possível, a tendência é que o clube opte por utilizar parte das próximas cotas de televisão para iniciar as obras e, com isso, poder utilizar o estádio no campeonato estadual do próximo ano. A informação é da Rádio Tupi.

Até segunda ordem, sem o Maracanã e o Engenhão, o Botafogo deve mesmo seguir mandando seus jogos futuros em locais alternativos. O Estádio Municipal Radialista Mario Helênio, em Juiz de Fora (MG), assim como o Kléber Andrade, em Cariacica (ES), são vistos com bons olhos pela diretoria.

Fonte: Esporte Interativo