Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

26/06/21 às 16:30 - Castelão

Escudo Sampaio Corrêa
Sampaio Corrêa
SAM

X

Escudo Botafogo
Botafogo
BOT

Série B

20/06/21 às 16:00 - Aflitos

Escudo Náutico
Náutico
NAU

3

X

1

Escudo Botafogo
Botafogo
BOT
Ler a crônica

Série B

17/06/21 às 19:00 - Do Café

Escudo Londrina
Londrina
LON

2

X

2

Escudo Botafogo
Botafogo
BOT
Ler a crônica

Sem Roger, atacante ex-Internacional assume papel de ‘matador’ do Botafogo

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Roger está fora de combate até o fim do ano por conta do tratamento do tumor renal descoberto nos últimos dias. Além do drama envolvido, o Botafogo perdeu também o artilheiro da equipe na temporada, com 17 gols marcados. Sem o camisa 9, o Alvinegro aposta em Brenner para assumir o papel de ‘matador’ do time.

O atacante iniciou a temporada no Internacional, onde brilhou intensamente nos primeiros meses de 2018. Brenner marcou 13 gols em 12 jogos entre Primeira Liga, Campeonato Gaúcho e Copa do Brasil. O problema é que ele entrou em má fase em seguida e ficou por 13 partidas sem fazer as pazes com as redes.

Isso foi determinante para o Internacional aceitar repassar Brenner para o Botafogo na negociação por Camilo. O jogador ficou empolgado com a oportunidade em um novo clube, mas viu Roger se consolidar como principal nome do ataque. Entre sua chegada em julho até a titularidade contra o Vitória, no último domingo, foram apenas sete jogos.

Com a ausência de Roger, porém, a situação mudou. Brenner virou o principal atacante do elenco e terá de assumir o papel de ‘matador’ do time. Diante do Vitória, já sem o camisa 9, o jovem jogador deu conta do recado e balançou a rede duas vezes na derrota para os baianos.

“Particularmente o centroavante vive de gols, e poder ajudar a equipe dessa forma é a obrigação de quem atua na frente. Feliz pelos gols e triste pelo resultado do jogo. Trabalho para isso desde que cheguei ao Botafogo. A oportunidade chegou e estava preparado, com a confiança do grupo e do treinador”, disse Brenner.

Roger, inclusive, é exemplo de inspiração para o novo camisa 9. “Por mais que sejamos da mesma posição nós temos uma relação muito boa no vestiário. É mais velho e procuro tirar o máximo da experiência do Roger, da sua trajetória. Foi muito importante poder fazer os gols e homenageá-lo. Foi uma homenagem que eu fiz, mas que representa todo grupo do Botafogo”, completou o atacante do Alvinegro.

O Botafogo volta a campo no dia 12, quando receberá a Chapecoense no Nilton Santos. O Alvinegro é o 6º colocado, com 40 pontos conquistados. Atualmente, a equipe está se classificando para a pré-Libertadores.

Notícias relacionadas
Comentários