Ainda sem saber quanto deve à União, o Botafogo analisa se entra no programa de refinanciamento do Governo Federal fruto de Medida Provisória aprovada pela presidente Dilma Rousseff. Segundo projeção de Amir Somoggi, colunista do jornal Lance! e consultor em gestão esportiva, o Glorioso teria de pagar R$ 771,8 mil por mês nos primeiros três anos.

– Eu não tenho nem esse valor. Estamos estudando a legislação, considerando uma série de variáveis, se favores pagos foram compensados pela Fazenda Nacional. Não é um cálculo tão imediato. Isso tem que ser visto com calma. O clube vai apurar mais. Não é simplesmente ver o balanço, tem que ir mais a fundo. Não quero pender nem para um lado nem para o outro. Estamos analisando – afirmou o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira.

Fonte: Lancenet!