Sequência transforma Vitinho. Multa é de 10 milhões de euros

Compartilhe:

No ano passado, Vitinho já era considerado uma das grandes promessas das categorias de base do Botafogo. No entanto, não conseguiu espaço para jogar, tendo atuado apenas em dois jogos, contabilizando pouco mais de 20 minutos. Em 2013, a sua vida mudou. Alçado de vez ao time principal, se tornou peça importante no banco de reservas e com a saída de Fellype Gabriel e Andrezinho recebeu a oportunidade que esperava e hoje ostenta a condição de titular e um alto valor de mercado.

Vitinho não fica fora de um jogo desde o dia 21 de abril, quando o técnico Oswaldo de Oliveira escalou apenas jogadores que não vinham atuando na vitória por 1 a 0 sobre o Volta Redonda. De lá para cá, participou de 22 jogos seguidos, sendo os últimos 15 como titular. A sequência que precisava para se estabelecer.

vitinho botafogo coletiva (Foto: Thales Soares)
Vitinho já tem 10 gols marcados pelo Botafogo em 39 jogos disputados (Foto: Thales Soares)

– Estou em uma crescente grande, alternando as minhas ações no jogo. Contra o Internacional, fui muito bem. Estou com isso na minha mente, alternar nos momentos certos para não ficar tão previsível, como disse o Oswaldo, tão facil de marcar – explicou Vitinho.

O conselho do treinador foi tratado como a sintonia fina necessária para Vitinho entender o momento do drible e perceber a hora de passar a bola. Assim, começou a se transformar em um jogador decisivo para o Botafogo. O incentivo de Oswaldo continua sendo para não perder a raiz de seu estilo e o jogador entende como um recado para atacar seus adversários com dribles.

– Minha cabeça está supertranquila. Tenho meus objetivos e nada do que dizem vai me fazer ficar mais animado. Vou continuar tentando os dribles sim. Se não tentar, vou fazer o quê? Vai fora do papel. O professor pede para fazer isso e é o que tenho de melhor também – disse Vitinho.

Detalhe que chama a atenção no desenvolvimento do seu futebol é a facilidade para finalizar com as duas pernas. Contra o Internacional, fez um gol a esquerda em chute colocado e outra com a direita, com mais potência.

– Desde novo vinha treinando e hoje está dando resultado. Tenho uma grande confiança no que faço com as duas pernas, é o que me destaca e vou aprimorando para melhorar sempre – comentou Vitinho.

Seu desempenho despertou interesse de clubes europeus. Antes mesmo de estourar, clubes da Espanha e da Itália fizeram propostas de até cinco milhões de euros recusadas pelo Botafogo. Hoje, já se fala em sondagens de 10 milhões de euros para levar o jogador, que garante nada saber sobre o assunto.

– Boatos são vários, mas até hoje não soube nada de concreto. Meu empresário não disse nada até hoje. Estou em uma fase maravilhosa aqui e se acontecer alguma coisa vamos conversar e ver o que é melhor para mim e para o clube – contou.

Quinta-feira, contra o Atlético-MG, no Maracanã, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, ele vai completar 37 jogos na temporada pelo Botafogo. É o recordista do time em 2013. No total, soma 39, com 10 gols marcados. Em campo, terá o segundo encontro com Ronaldinho Gaúcho, um de seus ídolos de infância.

– Fiquei muito feliz em ter enfrentado o Ronaldinho (no empate em 2 a 2 com o Atlético-MG, no Independência, pelo Brasileiro). Conversei com amigos meus sobre 2005, quando acompanhei aquele momento dele pelo Barcelona. Agora, tenho a oportunidade de jogar contra. É uma realização – afirmou Vitinho.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários