Série B inicia nesta sexta-feira e tem Botafogo, com sede de título, como carro-chefe

Compartilhe:

A Série B do Campeonato Brasileiro tem início nesta sexta-feira, com os duelos entre ABC x Oeste e Atlético-GO x Boa Esporte. A grande atração, no entanto, é o Botafogo, que iniciará sua trajetória apenas no sábado, contra o Paysandu, no Mangueirão. O Alvinegro, inclusive, é o grande favorito da competição, que conta com outras tradicionais equipes como Bahia, Vitória, Náutico, Santa Cruz e Criciúma.

Com segundo rebaixamento da história, o Botafogo chega na Série B com a pressão de não ser o primeiro grande clube a não voltar à elite no ano seguinte à queda. O próprio Alvinegro, Corinthians, Palmeiras, Grêmio, Atlético-MG e Vasco passaram pela segunda divisão, mas mostraram força e conseguiram o retorno na primeira oportunidade.

Prova de que o Botafogo será a grande atração da competição é a movimentação presente na torcida do Paysandu. A expectativa é de Mangueirão lotado na estreia do Alvinegro. E esse fato só empolga ainda mais o clube carioca. O técnico René Simões, por exemplo, disse que a equipe está pegando gosto de ser a grande atração.

“Tomara que (o Mangueirão) esteja superlotado. Qual é o artista que gosta de fazer show para uma plateia pequena? O legal é estádio cheio. O Botafogo está aprendendo a jogar com adversidades, e o elenco se fortalece com as dificuldades. Será um jogo para ser jogado com muita inteligência. A Série B é um campeonato diferente. O Botafogo é a grande atração e queremos muito esse título. Mas não podemos assumir essa pressão exagerada, que venha nos atrapalhar. Vamos jogar cada jogo como uma final e o resultado é a consequência”, disse o treinador.

Após ser rebaixado, o Botafogo não passava a certeza de que chegaria à Série B com a força necessária para ser o grande destaque da competição. Apesar da desconfiança, o Alvinegro montou um time modesto, mas que recuperou a honra dos torcedores neste início de temporada. Ficou com o vice do Carioca, mas está pronto para o Campeonato Brasileiro. Ao contrário de outras edições, o clube de General Severiano não considera o título uma vergonha: quer o caneco de qualquer jeito.

“Para quatro meses, eu acho a evolução do Botafogo, e por todas as oportunidades de amadurecer, amadurecemos bastante. Eu acho que o time está preparado para a disputa do Brasileiro. Nós enfrentamos dificuldades muito grandes e passamos. Nós encaramos esses jogos com a seriedade de uma Copa do Mundo. Todos os adversários que vêm aqui jogar contra o Botafogo encaram da mesma forma. Você quer o que? Que eles venham aqui e abram as pernas? Aí a gente vai fazer quatro, cinco gols. Nós jogamos o Carioca assim, por isso que nós preparamos nossos jogadores assim, como se fossem jogos de Copa do Mundo”, completou o treinador.



Fonte: UOL
Comentários