Se os salários de jogadores de futebol chamam a atenção e viram questão de debates, os dos técnicos também surpreendem. Uma pesquisa divulgada pela “Pluri Consultoria”, nesta segunda-feira, mostra que os valores pagos aos treinadores no Brasil em 2013 tiveram queda de 14% em relação ao ano de 2012, mas ainda continuam em alta. Abel Braga, que fechou com o Internacional, Mano Menezes, que assinou com o Corinthians, e Muricy, que permanecerá no São Paulo, são os três técnicos mais bem pagos.

Neste ano, de acordo com a pesquisa, os 12 clubes de maior faturamento chegaram ao final de 2013 pagando R$ 4,5 milhões. No final de 2012, o valor chegava a R$ 5,2 milhões. Abel e Mano tiveram queda de 17% nos salários desta temporada, se comparados ao ano passado. Atualmente, cada um ganha R$ 500 mil mensais (valor bruto) o que daria R$ 6,5 milhões anuais.

No fim de 2012, o treinador do Colorado (que estava no Fluminense na época) chegou a ganhar R$ 700 mil mensais, seguido por Vanderlei Luxemburgo (na época, no Grêmio), Muricy (que treinava o Santos) e Tite (na época, pelo Corinthians), com R$ 600 mil cada.

O menor salário entre os treinadores é o de Adilson Batista, do Vasco, que recebe R$ 110 mil mensais. Até Jayme de Almeida, que assumiu o Flamengo em setembro, ganha mais que o treinador do cruzmaltino: R$ 150 mil.

 

Salários dos técnicos em clubes brasileiros
Salários dos técnicos em clubes brasileiros

 

O Cruzeiro, campeão Brasileiro de 2013, é o clube cujo salário de técnico teve mais impacto nas receitas anuais, o equivalente a 4,9%. Já Flamengo e Vasco são os times que menos sofreram com o valor dos salários dos treinadores, com gasto inferior a 1,3% do faturamente, o índice recomendado.

O São Paulo foi o clube que mais aumentou seus gastos com treinador (67% em relação a 2012), em compensação, Vasco (-45%) e Flamengo (-40%) foram os que mais reduziram. O ranking considerou o atual ou último técnico no cargo (efetivo ou interino).

Veja o ranking dos salários dos treinadores:

1) Abel Braga (Internacional): R$ 500 mil mensais/bruto / R$ 6,5 milhões anuais/bruto

2) Mano Menezes (Corinthians): R$ 500 mil mensais/bruto / R$ 6,5 milhões anuais/bruto

3) Muricy Ramalho (São Paulo): R$ 500 mil mensais/bruto / R$ 6,5 milhões anuais/bruto

4) Dorival Junior (Fluminense): R$ 470 mil mensais/bruto / R$ 6,1 milhões anuais/bruto

5) Marcelo Oliveira (Cruzeiro): R$ 450 mil mensais/bruto / R$ 5,8 milhões anuais/bruto

6) Renato Gaúcho (Grêmio): R$ 450 mil mensais/bruto / R$ 5,8 milhões anuais/bruto

7) Oswaldo de Oliveira (Santos): R$ 400 mil mensais/bruto / R$ 5,2 milhões anuais/bruto

8) Oswaldo de Oliveira (Botafogo): R$ 380 mil mensais/bruto / R$ 4,9 milhões anuais/bruto

9) Cuca (Atlético-MG): R$ 350 mil mensais/bruto / R$ 4,5 milhões anuais/bruto

10) Gilson Kleina (Palmeiras): R$ 200 mil mensais/bruto / R$ 2,6 milhões anuais/bruto

11) Jayme de Almeida (Flamengo): R$ 150 mil mensais/bruto / R$ 1,9 milhão anual/bruto

12) Adílson Batista (Vasco): R$ 110 mil mensais/bruto / R$ 1,4 milhão anual/bruto

Fonte: Extra Online