Zyan foge do estereótipo do futebol. Criado na Zona Sul do Rio de Janeiro e frequentador de escolas particulares, o zagueiro decidiu seguir a carreira no esporte. Com 16 anos, ele já se considera experiente na profissão, já que começou aos 11 anos de idade. Fora a diferente realidade dos demais companheiros, o jovem atleta tem outra curiosidade no currículo: é patrocinado pelo cantor Seu Jorge, que banca cursos de inglês e alemão, personal trainer e um especialista em prevenção de lesões.

Mas o que Seu Jorge tem a ver com o futebol? O cantor é amigo do pai de Zyan, o cineasta Manitou Felipe. Os dois fizeram um curta e a amizade se estabeleceu. Entre conversas informais, a carreira do atleta do Botafogo ficou em pauta e o artista gostou do projeto de patrocinar o jovem após ele não renovar com o antigo parceiro. O tal projeto inclui não apenas medidas do campo e bola, mas de formação do ser-humano na vida.

“O meu contrato era de dois anos com a antiga patrocinadora. Eu tinha esse projeto feito com meu pai, mas a empresa não estava aderindo tanto. Com o fim do contrato, achamos melhor não continuar e pedimos um conselho para o Seu Jorge”, disse Zyan ao UOL Esporte.

“Ele entrou pelo projeto como um todo. Apresentamos e ele achou maneiríssimo. O projeto inclui medidas dentro e fora de campo. No extracampo, ele investe em cursos de língua: faço inglês e alemão. Para me manter em alto nível. Para as situações de campo, tenho um personal trainer e um profissional que é referência em prevenção de lesões”, completou o jovem atleta.

A pareceria com Seu Jorge é algo bem recente. Zyan revela que o músico está empolgado com a nova empreitada e que o cantor até mesmo já foi ao Engenhão acompanhar uma partida de perto. “Oficializamos isso semana retrasada. Não teve contrato nada disso. Batemos um papo, já que ele estava no Brasil. Nos encontramos e definimos. Olhamos nos olhos mesmo. Ele foi num jogo, acompanhou de perto, no Engenhão. Está buscando contatos para falar de mim”, afirma o zagueiro, que também pode jogar na lateral esquerda.

Como não podia deixar de ser diferente, o fato de ser patrocinado por Seu Jorge gerou piada dos companheiros. Até um apelido surgiu: “Seu Zyan”. “Tem brincadeira dos companheiros, claro, né?. É algo diferente, pois é o Seu Jorge. Sou o único jogador dele. Aí começou essa brincadeira”, se diverte.

Zyan iniciou a carreira no Flamengo, mas está no Botafogo há três anos. Tratado com expectativa pelo Alvinegro, o jogador já foi utilizado por um bom tempo na categoria de cima. Agora, ele voltou para o sub-17, onde é capitão.

“Estou há três ano no Botafogo. Cheguei e tive q me adaptar. No final do ano comecei a jogar. Ano passado joguei no 97, categoria de cima. É um grupo que é diferente de trabalhar. Felipe [Tigrão, ex-atacante do clube] técnico excelente”. “Prefiro de jogar de zagueiro, mas também jogo de lateral. Nesse último jogo, montamos um esquema que o lateral saiu e precisei jogar lá. Posso jogar nas duas”, encerra.

Fonte: UOL