Após demitir o técnico Zé Ricardo, o Botafogo se reúne a partir de hoje em busca do novo comandante para a sequência da temporada. E, embora não tenha um nome definido, o perfil está escolhido. O Alvinegro quer um profissional preferencialmente novato e que esteja em busca de oportunidade no mercado.

Para a diretoria, um técnico nessas condições está mais atualizado com as metodologias de treinamento e aberto a novas ideias.

Nomes como o de Eduardo Barroca, que trabalhou no sub-20 do Botafogo e está na base do Corinthians, e Thiago Larghi, ex-Atlético-MG e analista de desempenho do próprio Alvinegro, se encaixam no perfil desejado e estão em debate.

Embora a preferência por um técnico novato esteja manifestada nos bastidores, alguns dirigentes do Botafogo não descartam apostar em um técnico experiente e que esteja disposto a trabalhar.

No entanto, não há possibilidade de arcar com um salário elevado para isso. Um nome que agradaria, por exemplo, é o de Dorival Júnior. Mas sabe-se que a pedida salarial inviabilizaria qualquer acerto.

O Botafogo só estreia no Campeonato Brasileiro no dia 27 de abril, contra o São Paulo, no Morumbi. Mas a diretoria tem pressa para resolver a questão, de forma que o novo comandante possa trabalhar o quanto antes com um elenco que já entra pressionado na principal competição da temporada.

Fonte: UOL