O Botafogo ainda segue buscando reforços no mercado da bola, sobretudo para o ataque, contudo, isso não é uma missão fácil. Como um dos gigantes do futebol brasileiro que retorna à elite do futebol nacional, o clube tem a necessidade de contratar jogadores de grande capacidade técnica, mas com recursos financeiros escassos.

Desde o final do ano passado, o Botafogo se viu envolvido em diversas negociações, umas mais complicadas do que as outras e, por isso, o Torcedores.com listou 5 negociações bizarras de tão complicadas em que o Botafogo se envolveu.

A primeira, sem dúvidas, foi a quase contratação do volante Pedro Larrea, da LDU de Loja, do Equador, que chegou a vir para o Rio de Janeiro, porém, em virtude de entraves burocráticos, acabou não acertando contrato e teve que retornar ao seu país natal e procurar um novo clube.

Outro jogador que chegou a ir embora, contudo, retornou, foi o lateral-direito Luis Ricardo. Emprestado no ano passado pelo São Paulo, ele retornou ao Morumbi, mas logo em seguida acertou mais uma vez contrato com o Botafogo e deve ser uma das peças-chave de Ricardo Gomes em 2016.

O mesmo poderia se dizer de Henrique, atacante que tinha contrato com o clube até o final do ano, mas rescindiu seu vinculo por causa de dívidas trabalhistas. Cotado para ser o camisa 9 da equipe em razão da sua boa passagem pelo Coritiba no ano passado, ele optou por outro caminho e não será o parceiro de Neilton.

Chamado de “Novo Neymar”, Neilton também por muito pouco não deixou o Botafogo. Ou melhor, deixou, mas retornou após acerto com o Cruzeiro. Quem, no entanto, não teve o mesmo desfecho foi Jorge Ortega, atacante do Sportivo Luqueño, do Paraguai, que chegou ao Rio de Janeiro, mas não para ser atleta do Glorioso.

Fonte: Torcedores.com