Um dos pontos que o Botafogo precisa ajustar o quanto antes, intensificando nos treinamentos, diz respeito a preparação física dos jogadores. Na derrota para o Flamengo, no último sábado, terceiro jogo alvinegro neste 2019, mais uma vez ficou evidente a diferença entre os jogadores de ambas as equipes, com os de General Severiano levando a pior na disputa.

Tudo bem, estamos ainda em janeiro, poucos dias para pré-temporada, é somente o primeiro turno do Campeonato Carioca… Mas já está chegando no início de fevereiro jogos decisivos na Copa do Brasil e na Conmebol Sul-Americana para o Botafogo. O tempo para correção de olho nestas importantes competições é um pouco curto.

O Botafogo, no clássico com o Flamengo, jogou bem no primeiro tempo. Nos 45 minutos iniciais a equipe comandada por Zé Ricardo jogou de igual para igual, mostrou evolução tática e técnica em comparação com as duas partidas iniciais, saiu na frente do placar, mas novamente no segundo tempo o desgaste falou mais alto e acabou sofrendo a virada para o Rubro-Negro. Uma coisa esperada, já que as partes física, tática e técnica estão interligadas.

Já está na hora do desgaste ficar para trás. O próprio Zé Ricardo sabe dessa necessidade, por sinal. Diria até que como as chances são ínfimas neste momento para se classificar à semifinal da Taça Guanabara, por ter somente um ponto e estar na lanterna do grupo, faltando dois jogos para o fim – Resende, na quinta, e Boavista, no domingo que vem –, é o momento de colocar time B em campo e os atletas principais focarem no físico nos treinos para os torneios que começam em fevereiro.

– O desgaste da partida nos colocou em mais dificuldade. No segundo tempo, não tivemos a mesma volúpia na marcação e dar espaço a uma equipe do Flamengo é sempre perigoso. A gente tem que melhorar em todos os aspectos. Não estou satisfeito taticamente, tecnicamente temos que melhorar. Quando o desgaste chega, todas essas questões ficam prejudicadas. Acho que temos de melhorar no aspecto geral. Não tem essa de apontar um erro apenas, até porque o futebol está muito mais voltado para a integridade em todos os aspectos – citou o treinador.

O torcedor do Botafogo espera que já na próxima partida a parte física não seja tão determinante, de forma negativa, de olho na primeira vitória alvinegra nesta temporada.

Fonte: Terra