Os quatro grandes cariocas iniciam efetivamente os trabalhos para a temporada 2014 a partir desta semana. Mas apesar do começo dos treinos físicos e com bola, as atividades nos bastidores transcorreram durante todo o mês de dezembro. E o Vasco conseguiu transformar o desânimo do rebaixamento em êxito nas contratações comandadas pelo novo diretor executivo Rodrigo Caetano.

O clube de São Januário saiu na frente dos rivais Botafogo, Flamengo e Fluminense. Com isso, conseguiu contratar reforços pontuais ao acelerar o planejamento nas férias e surpreendeu com o poderio no mercado apesar da conhecida crise financeira. O goleiro Martín Silva, o volante Aranda, o zagueiro Rodrigo e o lateral direito André Rocha foram os primeiros a chegar para a atual temporada.

A ideia da diretoria é a de adiantar mais uma contratação – o lateral esquerdo Marlon, ex-Criciúma, está na mira – até o final da semana e iniciar a pré-temporada em Pinheiral com os cinco reforços à disposição do técnico Adilson Batista, que também foi peça importante no planejamento ao ter a permanência confirmada logo após a queda no Campeonato Brasileiro. A cúpula de futebol reverteu o cenário desfavorável e aos poucos traz de volta a esperança de dias melhores aos torcedores.

Pelo lado do Flamengo, o clima de desconfiança domina os corredores da Gávea. A administração Bandeira de Mello também conseguiu assegurar a continuidade do trabalho de Jayme de Almeida. Porém, sofre com as dificuldades no mercado para contratar e reforçar o elenco para a disputa da Copa Libertadores.

A angústia por conta da indefinição sobre o volante Elias, que já se reapresentou ao Sporting-POR, é o principal obstáculo dos dirigentes. Além disso, o clube esbarra em questões jurídicas envolvendo o volante Luiz Antonio. Até o momento, apenas o meia Everton foi confirmado oficialmente como reforço após as boas atuações com a camisa do Atlético-PR.

O Botafogo demorou a anunciar um novo técnico, após confirmar a saída de Oswaldo de Oliveira. O Alvinegro ficou entre apostar em um nome consagrado ou dar chance a um novato – porém conhecedor dos detalhes do clube – em ano de Copa Libertadores. A segunda opção, atendendo pelo nome de Eduardo Húngaro, foi finalmente confirmada, no dia 18 de dezembro.

A comissão técnica acabou reformulada e, com alguma demora, os nomes foram revelados. A confirmação do substituto do fisiologista Altamiro Bottino foi muito esperada, já que a estreia do clube na competição internacional será na altitude de Quito. Matheus Fontes (Cruzeiro e seleção brasileira de base) é o responsável por essa preparação.

A reformulação do time não é drástica. Satisfeitos com o desempenho em 2013, os dirigentes começaram a se movimentar antes do fim do Brasileiro para encorpar o elenco. Jorge Wagner, de 35 anos, foi o principal nome contratado. O Alvinegro ainda enfrenta problemas para confirmar acordos com atletas. Os volantes Bolatti e Rodrigo Souto e os atacantes William José e Neilton estão na mira.

Já o Fluminense ficou parado durante a polêmica no STJD, que determinou a queda da Portuguesa e a sua manutenção na elite do futebol brasileiro. Mesmo com a “vitória” nos tribunais, o Tricolor demorou a reagir para planejar e montar um novo elenco, já que muitos jogadores deixaram as Laranjeiras após desempenho decepcionante em 2013.

Dorival Junior, que terminou o Brasileirão no comando, também não agradou e nem foi chamado para uma tentativa de renovação contratual. Sem treinador, o clube observava as movimentações do mercado para definir a melhor escolha. O tempo passou, nomes foram sondados e nenhuma definição foi feita. Até a patrocinadora Unimed tomar a decisão de investir na contratação de Renato Gaúcho, ex-Grêmio. Após algumas polêmicas, o profissional foi confirmado no dia 24 de dezembro.

Sem o diretor Rodrigo Caetano, o presidente do Fluminense anunciou o acordo com Felipe Ximenes sem ao menos ter assinado um contrato ou se reunido pessoalmente com o profissional. A briga no STJD atrapalhou o início do planejamento, que segue em marcha lenta nas Laranjeiras. Apenas Conca está confirmado como reforço.

Fonte: UOL