Sósia de Marcelinho Carioca, goleiro do CRB havia desdenhado: ‘Bota não é favorito’

Compartilhe:

O CRB começou o Campeonato Brasileiro da Série B com o pé direito ao vencer o Bragantino por 2 a 0 no Estádio Rei Pelé, em Maceió. No entanto, logo na segunda rodada, o Galo da Pajuçara terá pela frente o clube de maior peso da competição, o Botafogo. A RedeTV! transmite ao vivo o duelo a partir das 16h20 deste sábado (16), direto do Engenhão, no Rio de Janeiro.

Referência e líder do CRB, Júlio César não crê que o gigante carioca terá vida fácil na competição: “O Botafogo não é o favorito, é apenas um dos que podem chegar ao G-4, assim como os próximos candidatos que enfrentaremos logo na sequência”, adverte o goleiro, ressaltando a força de adversários como o Bahia, o Ceará e o América-MG.

Apesar de parecer bastante confiante com a possibilidade de entrar no “bolo do acesso”, Júlio César não se ilude com o fato de o CRB ser um dos três times que disputam o torneio que foram campeões estaduais em 2015: “Isso é um detalhe, teremos adversários complicados e com maiores investimentos, então cada ponto será importante se quisermos sonhar com algo a mais do que apenas nos manter na segunda divisão”.

Pensando na busca pela elite, a eliminação da equipe alagoana na Copa do Brasil pelo Grêmio na última quarta-feira (13), mesmo que lamentada, é vista através de um lado positivo pelo jogador: “Poderíamos pagar um preço alto lá na frente se conciliássemos as duas competições, pois a Série B é muito longa e dura”.

Aos 37 anos, Júlio César, que foi campeão da Copa do Brasil de 2004 pelo Santo André contra o Flamengo em pleno Maracanã , afirma que os reflexos continuam os mesmos e que a idade lhe trouxe benefícios: “Antes eu era muito estressado, às vezes perdia a cabeça. Agora adquiri experiência, tranquilidade”. Quem vem se dando bem com essa sua versão mais paciente são os árbitros. “Hoje em dia consigo até fazer amizade com eles”, brinca o arqueiro.

A semelhança física com o eterno ídolo da torcida corintiana Marcelinho Carioca é outro assunto que tira gargalhadas de Júlio César: “Compartilhamos vestiário em 2009 no Santo André e nos tornamos parceiros, mas existem duas grandes diferenças entre nós dois”. Para não deixar os curiosos de plantão na dúvida, o bem humorado goleiro do alvirrubro alagoano explica: “Tenho vinte centímetros a mais e vinte milhões na conta a menos que ele”.



Fonte: Redetv
Comentários