A polêmica do uso do VAR no pênalti que deu a vitória ao Palmeiras sobre o Botafogo no último sábado continua gerando discussão. O Redação SporTV teve acesso a uma imagem que mostra o momento em que o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior supostamente teria autorizado o goleiro alvinegro, Gatito Fernandez, a fazer a cobrança da falta, o que inviabilizaria a utilização do Árbitro de Vídeo. O Botafogo vai pedir a anulação da partida.

O apresentador Marcelo Barreto tem a impressão de que o árbitro levanta o braço pedindo a paralisação, e não autorizando o reinício da partida. Porém, o jornalista Carlos Eduardo Mansur argumenta que o árbitro cometeu um erro de protocolo ao consentir com o reinício do jogo e, em seguida, paralisar a partida para a utilização do VAR.

– Observando a imagem, claramente ele consentiu com o reinício do jogo. Ele cometeu um erro de protocolo, no mínimo. E talvez tenha cometido um desrespeito às regras do jogo. Isso me parece claro. A questão do apito, ou não, vai terminar sendo o subsídio para a decisão.

O jornalista Eduardo Castro finaliza chamando atenção para a interpretação do árbitro no momento em que Gatito Fernandez faz a cobrança e a mudança no momento da paralisação.

– Repare. A interpretação dele é de seguir o jogo. Depois que ele para e muda a interpretação. Ou seja, olha a confusão!

Veja os vídeos divulgados desde domingo pelo FOGÃONET:

Fonte: Sportv.com (texto) e Redação FogãoNET (título e tweets)