Substituto de Vitinho, Hyuri perde prestígio, amarga reserva e tem poucas chances

Compartilhe:

Hyuri chegou ao Botafogo e teve a responsabilidade de substituir Vitinho, negociado com o CSKA Moscou-RUS. Ele iniciou sua trajetória no clube de forma fulminante. Golaço contra o Coritiba, assistências e mais um gol decisivo diante do Corinthians. Porém, ele caiu de produção, perdeu prestígio com a comissão técnica a tem tido poucas chances para entrar em campo.

A queda de Hyuri é vertiginosa. Após iniciar trajetória como titular, ele passou a ser o 12º jogador, entrando em todos os jogos. Mas a partir do jogo contra o Bahia, no Maracanã, o apoiador mostrou excesso de confiança, abusou das jogadas individuais e prejudicou a equipe em determinados momentos. Desde então sua participação diminui a cada jogo. 

Nos últimos quatro jogos atuou por apenas dois minutos, com exceção da partida contra o Vasco, quando o Botafogo utilizou os reservas e Hyuri esteve em campo por 87 minutos. Do banco de reservas, viu atletas com menos experiência como Octávio e Gegê serem aproveitados no time principal.

Companheiro de Hyuri, o lateral esquerdo Julio Cesar vê por outro lado, para ele, o apoiador perdeu o ritmo de jogo após desfalcar a equipe por causa de dores musculares. Mesmo assim, o camisa 6 admite que o jogador terá que reconquistar a confiança da comissão técnica.

“Ele teve uma lesão e ficou parado por um tempo. Isso quebrou a sequência. Com esse tempo que teremos para trabalhar, ele vai voltar a ser utilizado, pois as características dele são únicas no nosso elenco. Certeza que isso atrapalhou. O Oswaldo é inteligente, sabe levar bem isso. Conversou bastante com o Hyuri, que voltou a treinar bem. Importante para ele pegar confiança e o trinador também voltar a confiar nele”, disse Julio Cesar.

O fato é que até o momento, Hyuri continua em baixa no Botafogo. No treinamento da última terça, o técnico Oswaldo de Oliveira escalou sua equipe com Seedorf, Gegê e Rafael Marques no meio de campo. Quando o holandês deixou a atividade, Lodeiro foi utilizado. Por enquanto, o cenário não é nada bom para o camisa 17.

Com a vitória sobre o Atlético-MG, o Botafogo foi aos 53 pontos e assumiu a vice-liderança após o Grêmio ser goleado pelo Coritiba, no Couto Pereira. Na próxima rodada, o Alvinegro encara o Goiás, neste domingo, às 17h, no Serra Dourada.

Fonte: UOL

Comentários