Técnico: ‘Carlos Alberto, Emerson e Edílson vão dar cara diferente ao Botafogo’

Compartilhe:

A vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba fez com que o Botafogo respirasse um pouco mais aliviado, especialmente após o resultado ruim do meio da semana, quando perdeu para o Sport, também por 1 a 0. A atuação da equipe, no entanto, não chegou a encher os olhos do treinador Vágner Mancini. Após a partida, ele reconheceu que o time ainda precisa melhorar em campo.

— Taticamente, a atuação foi superior a de outros jogos, mas tivemos muitas falhas. Temos que reconhecer o que foi visto em campo — disse o treinador, que elogiou o volante Gabriel. — Depois da entrada do Gabriel, melhoramos o sistema de jogo no meio-campo. Ele se achou no meio, onde os dois volantes do Coritiba estavam com espaço. Também tiramos o espaço que o Alex (meia do Coritiba) teve no primeiro tempo.

O lateral-direito Lucas foi outro a admitir que a atuação do Botafogo esteve longe do ideal.

— Era importante vencer, somar três pontos e sair da situação desconfortável. Sabemos que não fizemos um excelente jogo. Temos uma semana para consertar os erros — disse.

No domingo, o Botafogo enfrenta o Flamengo, no Maracanã. Para o clássico, Vágner Mancini conta com a volta de Edílson e Emerson, que estavam suspensos. A presença de Carlos Alberto é outra possibilidade.

— O Carlos Alberto fez exames que não mostraram lesão. Na segunda ele já treina com o grupo. O Emerson e o Edílson voltam. Esses jogadores vão dar ao Botafogo uma cara diferente — analisou Mancini.



Fonte: O Globo Online
Comentários