Levir Culpi está de volta ao Atlético-MG. O experiente treinador, que comandou o alvinegro mineiro no conquista do título da Série B, em 2006, com o consequente retorno à elite nacional no ano seguinte, foi anunciado pelo clube como substituto de Paulo Autuori, demitido após a derrota para o Atlético Nacional, por 1 a 0, em Medellín, pela Libertadores. A diretoria do alvinegro mineiro informou, por meio do seu Twitter oficial, na noite desta quinta-feira, que o treinador acertou contrato até dezembro de 2014.

A assessoria de comunicação atleticana revelou, por volta das 19h40, que havia acabado a reunião entre Levir Culpi e o presidente Alexandre Kalil, em Curitiba. O mandatário alvinegro havia viajado mais cedo para a capital paranaense. Nessa conversa pessoalmente foi acertada a base salarial e o tempo de duração do contrato. O novo treinador do Atlético se juntará à delegação do clube na tarde desta sexta-feira, em Porto Alegre.

Depois da derrota para o Atlético Nacional, em Medellín, a delegação atleticana embarcou à noite, via Panamá, direto para Porto Alegre, onde no próximo domingo, enfrentará o Grêmio, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Levir Culpi comandará dois treinamentos antes da estreia como técnico atleticano. As atividades ocorrerão na tarde de sexta-feira, no campo da Ulbra, e na manhã de sábado.

Além de Levir, a diretoria atleticana iniciou negociações com Tite, que está sem clube desde que deixou o Corinthians, no ano passado. Porém, o treinador não aceitou assumir o clube agora. O ex-comandante corintiano viajará pela Europa para assistir aos jogos decisivos da Liga dos Campeões e da Liga Europa.

O novo técnico atleticano chega com a missão de fazer o time alvinegro voltar a ter boas atuações. Levir Culpi é um nome que sempre agradou a Kalil, que já o havia procurado ao final do ano passado, quando Cuca deixou o Atlético rumo à China, porém o acordo não aconteceu à época.

Essa será a quarta passagem de Levir Culpi pelo Atlético como treinador. Ele comandou o clube nas temporadas 1994/1995, 2001/2002, quando levou o time à semifinal do Campeonato Brasileiro e em 2006/2007, quando conquistou o título da Série B (2006) e do Campeonato Mineiro (2007).

Ao todo, Levir dirigiu o Atlético em 175 partidas, com 93 vitórias, 38 empates e 44 derrotas. No clube, conquistou dois títulos do Campeonato Mineiro, em 1995 e 2007, além da Série B, em 2006. O comandante estava desempregado desde o final do ano, quando deixou o comando do Cerezo Osaka, do Japão.

O treinador tem vínculo estreito com o futebol mineiro, pois além do Atlético já comandou também o rival Cruzeiro. A afinidade de Levir Culpi com Minas é tão grande que o treinador abriu restaurante de comida mineira em Curitiba, batizado Tempero de Minas.

Levir Culpi deixou o Atlético durante a disputa da Copa do Brasil de 2007, às vésperas de uma decisão de vaga nas quartas de final com o Botafogo, transferindo-se para o futebol japonês. O alvinegro mineiro, que na ocasião foi comandado pelo seu auxiliar Tico – atual assistente técnico do rival Cruzeiro – foi eliminado, com um pênalti polêmico não marcado por Carlos Eugênio Simon. O Atlético foi o último clube brasileiro treinado por Culpi.

Fonte: UOL