O Botafogo saiu com a vitória por 2 a 1 sobre o Capivariano na noite de quarta-feira, mas não evitou a partida de volta pela Copa do Brasil – marcada para semana que vem. E o gol sofrido quando o jogo ainda estava 1 a 0 foi lamentado por Alfredo Montesso, técnico interino, que comandou a equipe na ausência do ‘titular’ René Simões.

“Colocamos alguns meninos, Emerson e Diego foram muito bem, teve o retorno do Daniel Carvalho. Trabalhamos muito esse time. Faltou um pouco de ritmo de jogo, mas eles apresentaram uma dinâmica de jogo muito boa. Foi um time bastante disciplinado taticamente. Foi um jogo de paciência. Tivemos uma falha no escanteio, poderíamos estar mais atentos e bem posicionados ali”, comentou o auxiliar.

O Glorioso abriu o placar logo no começo com Sassá, após bom passe de cabeça do jovem lateral-direito Diego, que fez sua estreia como profissional. Após sofrer o empate, porém, não demorou muito a voltar a marcar, desta vez com outro estreante, o veterano Daniel Carvalho. Agora, a volta será disputada no Estádio Nilton Santos na próxima quarta, entre a final contra o Vasco pelo Campeonato Carioca e a primeira rodada da Série B do Brasileirão contra o Paysandu.

“Não acredito que esse jogo vá ser adiado. Pensávamos sim em eliminar o jogo da volta, mas primeiro pensamos na vitória. Conseguimos uma vantagem importantíssima, que não tínhamos atingido no jogo contra o Botafogo/PB. Estou muito satisfeito com a equipe, com os meninos que vieram e também com os mais experientes, que foram muito companheiros”, lamentou Montesso.

Fonte: FutNet