Não teve jogador mais criticado durante a campanha que resultou no rebaixamento do Botafogo no Campeonato Brasileiro. Dankler virou titular após a dispensa de Bolívar e foi apontado como responsável por inúmeros gols sofridos pelo time em 2014. Mesmo com a saída de mais de 20 jogadores, o zagueiro permaneceu. E virou motivo de piadas por parte da torcida e até mesmo de alguns funcionários do clube.

Daniel, Gabriel e Lima deixaram o Alvinegro na Justiça. A torcida não perdeu tempo e criou a hashtag#DanklerEntranaJustiça. Muitos torcedores do Botafogo entraram na brincadeira e movimentaram o Twitter com a piada. Dankler não tomou este caminho.

A justificativa para a permanência de Dankler no Botafogo é simples. O jogador tem contrato até o fim do ano e, para não ter que pagar multa com uma rescisão, o clube o mantém no elenco. A diretoria tentou uma negociação para se desfazer do defensor, mas não houve acerto.

“Tive procura de outros clubes, mas nada concreto. Mas o que me fez ficar no Botafogo foi o fato de querer voltar com o clube para a Série A”, avisou o jogador durante pré-temporada do clube realizada em Niterói.

Dentro do próprio clube, Dankler é alvo de questionamentos e piadas. Um dirigente alvinegro citou a falta de propostas pelo jogador como algo esperado por causa das más exibições em 2014 e usou a ironia para falar sobre o papel do jogador no elenco neste ano. “Ninguém quis. Vai ficar, né”, comentou.

No Botafogo por mais uma temporada, Dankler não terá vida fácil. Nos primeiros treinamentos da pré-temporada, ele já pôde perceber que não é prioridade do técnico Renê Simões. Roger Carvalho e Alisson largaram na frente na disputa pela titularidade na zaga alvinegra, que ganhou Diego Giaretta, Igor Rabello e Renan Fonseca como novas alternativas.

Com Dankler no grupo, o Botafogo segue preparação para a temporada. O primeiro teste importante do time será no próximo sábado, quando medirá forças com o Shandong Luneng, time da China treinado por Cuca, no Engenhão. O jogo será com os portões fechados.

A estreia oficial do Alvinegro ocorrerá no dia 1º de fevereiro, diante do Boavista, pelo Campeonato Carioca.

Fonte: UOL