Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

04/04/21 às 17:00 - Giulite Coutinho

Escudo Botafogo
BOT

1

X

1

Escudo Portuguesa
POR

Tietado por auditor pelo passado corintiano, Sheik sai encantado com o STJD

comentários

Compartilhe

Emerson Skeik chegou tenso ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na última segunda-feira. Calado e cabisbaixo, não disfarçou o medo de ser “enforcado” pelos integrantes do órgão durante o julgamento por denúncias em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva – 258, 254 e 243-F, por agressão, críticas à organização do Campeonato Brasileiro e ofensas ao árbitro do jogo entre Botafogo. O cenário de medo, no entanto, logo foi revertido.

Absolvido em dois artigos e com pena relativamente baixa em outro, o jogador deixou o local exaltando o Tribunal e com sentimento completamente diferente. “A bancada [de auditores, procurador e presidente] deu um espetáculo, preservando a democracia. Não sou um cara muito emotivo, mas ouvi cada palavra de maneira especial. Isso me deixou encantado”, disse.

A frase era apenas um pequeno exemplo da relação que se tornou recíproca. Do outro lado da bancada, os integrantes do STJD também se rendiam ao jogador. E até mesmo o passado corintiano cativou os auditores.

Após o término do julgamento, Sheik escutava orientação de advogados e assessores quando foi abordado por dois auditores da casa – Washington Rodrigues e Vinícius Sá. Enquanto o segundo exaltava o desempenho do jogador nos gramados, o primeiro não escondia o lado torcedor.

Washington não se cansava de relembrar gols importantes e a passagem de Sheik pelo Corinthians, sem se preocupar em deixar claro que era fã do jogador. No final, um abraço caloroso, bem como já havia sido feito por Vinicius, entre torcedor e jogador surpreendeu os presentes. O mesmo auditor é famoso – e até criticado por alguns colegas – na casa por manter fotos com jogadores e ídolos corintianos em suas redes sociais.

Comentários