Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Titular às pressas, lateral Régis ‘ignora’ crise: ‘Não podemos escolher momento’

0 comentários

Compartilhe

Régis foi contratado há menos de duas semanas para compôr o elenco do Botafogo, mas já virou o novo dono da lateral direita em pouquíssimo tempo. A demissão de Edílson na última sexta-feira e a saída anterior de Lucas, que entrou na Justiça por causa de salários atrasados, deixaram o técnico Vagner Mancini sem opções para a posição.

Às pressas, Régis estreou, foi titular e teve boa atuação no último sábado, apesar da derrota alvinegra para o Vitória, por 2 a 1, no Barradão. A situação de “emergência” não permitiu que ele fosse apresentado oficialmente antes, apesar de já estar treinando com a equipe. Não houve tempo. Com isso, nesta segunda-feira o reforço botafoguense recebeu a camisa das mão do gerente de futebol Wilson Gottardo e falou com a imprensa.

Animado com a oportunidade na carreira, o lateral “ignorou” e deixou de lado a crise financeira e política que o clube atravessa no momento.

“O jogador não escolhe o momento para chegar em um grande clube. É um sonho realizado, uma meta que traçei na minha carreira e cheguei ao Botafogo. Independente do momento é uma realização pessoal minha. É uma fase que eu posso mostrar minha personalidade e que isso possa ajudar o clube a continuar onde merece ficar”, disse Régis, que acrescentou,

“Momentos não podemos escolher. Às vezes temos que queimar etapas para obter o êxito. Neste momento abro mão das minhas metas para que prevaleçam as metas do clube. Posso deixar minhas metas um pouco para depois”.

Aos 26 anos, Régis estava na Portuguesa e também já atuou por Ponte Preta e Goiás. Ele assinou contrato com o Botafogo pelo período de um ano.

Comentários