Torcedor conta detalhes de protesto: ‘Tivemos que cobrar, eles precisam correr mais’

Compartilhe:

Após a confusão provocada no desembarque do Botafogo, nesta manhã, cerca de 15 torcedores invadiram o Engenhão pelo Setor Sul para protestar sobre o atual momento da equipe de Oswaldo de Oliveira. A Polícia Militar foi alertada e chegou ao estádio para tentar amenizar a situação. Sem conseguir chegar ao gramado, os torcedores se reuniram com a diretoria e depois deixaram o estádio.

Polícia Militar chega para tentar amenizar situação no Engenhão

Foto:  Rodrigo Stafford / Agência O DIA

“Falamos com todos os jogadores e com a comissão técnica. Tivemos que cobrar, eles precisam correr mais. A conversa foi boa e eles prometeram conseguir a vaga na Libertadores”, afirmou Rafael Mois, presidente da torcida Loucos pelo Botafogo. Integrantes da Fúria e da Torcida Jovem também estiveram presentes. 

Equipe é recebida com protesto e ovada no desembarque

Após a derrota por 2 a 1 para o Internacional, neste domingo, os torcedores alvinegros não perdoaram nem sequer o craque Seedorf. No desembarque da equipe nesta manhã, os jogadores foram recebidos com mais protestos. Xingamentos e ovadas marcaram a recepção dos torcedores no Aeroporto Internacional Tom Jobim.

Enquanto novos protestos acontecem nas dependências do Engenhão, as bilheterias já liberadas para a venda de ingressos para o jogo desta quarta-feira, contra a Portuguesa, aparecem completamente vazias, comprovando o total desânimo dos alvinegros com a má fase vivida pela equipe.

Com 53 pontos, o Botafogo ocupa a quarta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro. Nas últimas rodadas o Glorioso vem se deparado com a aproximação dos adversários no G-4, o que passa a ligar o sinal de alerta no clube para o projeto de garantir uma vaga na Libertadores de 2014.

Torcedores do Botafogo protestaram no desembarque da equipe

Foto:  Alessandro Costa / Agência O Dia



Fonte: O Dia Online
Comentários