Torcedores acionam Ministério Público para apurar ‘gestão temerária’ no Botafogo

126 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Marco Agostini, Nelson Mufarrej, Ricardo Rotenberg e Carlos Augusto Montenegro | Comitê executivo de futebol do Botafogo 2020
Carlos Eduardo Sangenetto/FogãoNET

A administração do Botafogo com o Comitê Gestor de Futebol, durante o mandato de Nelson Mufarrej, pode ser alvo de apuração do Ministério Público do Rio Janeiro. Esta é a petição de um grupo de torcedores, que promete acionar o MP nesta terça-feira.

Segundo os torcedores, há atos de gestão temerário nos dirigentes, que são contrários ao Estatuto do Torcedor e podem ter desdobramento cíveis e criminais.

Em um requerimento on-line, os torcedores obtiveram 11.896 assinaturas a favor. O clube não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: Redação FogãoNET e UOL

Notícias relacionadas