Torcedores do Botafogo e o jornalista Marcus Carvalho, do site “Vavel”, relataram nas redes sociais uma emboscada de membros da Torcida Jovem do Flamengo na estação de trem de Augusto Vasconcelos, no bairro Senador Vasconcelos, próximo a Campo Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Membros da facção organizada rubro-negra esperaram, munidos de pedaços de pau, o trem que levava torcedores do Botafogo de volta para casa após o jogo contra o Atlético-PR na noite desta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro.

Segundo os relatos, vagões do trem da SuperVia foram vandalizados e algumas pessoas foram agredidas. Havia muitas crianças no trem, e houve muita gritaria e correria. Não há informações sobre feridos.

ATUALIZAÇÃO (13h40): O FOGÃONET entrou em contato com a assessoria da SuperVia, que confirmou que algumas janelas do trem foram quebradas na confusão, por volta de 0h. De acordo com a concessionária, agentes de controle da SuperVia estavam presentes e comunicaram o Centro de Controle, que acionou a Polícia Militar. Porém, a Polícia não compareceu.

A SuperVia informou também que alguns torcedores do Botafogo chegaram a ameaçar o maquinista – na internet, alvinegros relataram que o condutor demorou a deixar a estação rumo ao destino final (Santa Cruz).

Como procedimento de segurança, a viagem seguiu direto até Santa Cruz e, posteriormente, à 1h10, uma viagem extra foi feita no sentido contrário para atender os passageiros que desembarcariam em Campo Grande, Benjamim do Monte, Inhoaíba, Cosmos, Paciência e Tancredo Neves. A Polícia foi acionada para comparecer à estação terminal, mas também não apareceu.

 

Fonte: Redação FogãoNET