Ninguém melhor que um goleiro de Seleção Brasileira para ser o exemplo de um goleiro iniciante. Esse é só o início de carreira do jovem Victor Hugo, de 19 anos. Ele é o goleiro titular do time sub-20 do Alvinegro e tem um futuro brilhante pela frente. Victor Hugo que já treinou entre os profissionais e, em 2013, fez um curso de treinamento de com o ex-Real Madrid, Casillas, é o goleiro que menos sofreu gol no Campeonato Carioca sub-20 deste ano. Apenas 10 bolas balançaram a rede alvinegra até então e ele deve isso muito aos conselhos dos amigos profissionais.
“Não tenho nem palavras para expressar o que passo com o Saulo, Helton e o Jefferson. Eles me dão conselhos e dicas o tempo inteiro, o que acrescenta não só para minha carreira, mas para minha vida pessoal também”.
No próximo sábado, ele tem a missão de parar o Fluminense, o melhor ataque da Taça Guanabara de Juniores. Depois de vencer por 2×1 fora de casa, o Botafogo recebe, no Caio Martins, novamente, o Fluminense. Se empatar, o Alvinegro fica com o título.
“O time do Fluminense é muito ofensivo e muito rápido, mas nossa expectativa é a melhor possível. Vamos chegar com tudo no Caio Martins e fazer o de sempre, dando nosso máximo para sair com a vitória e com o título”.
Desde 2013 no clube, ele vem se destacando cada dia mais. O arqueiro que espera  ganhar muitos títulos vestindo a camisa do Glorioso, segue em busca do próximo. Isso por que, ainda em 2013, fazia parte do grupo sub-18, vencedor da Copa Zayed, no Catar. Além disso, ele já sonha com a chegada aos profissionais e a titularidade.
“Espero chegar logo aos profissionais e dar muitas alegrias aos torcedores, além de dar muitos títulos ao Botafogo”.
À família ele credita todo o seu sucesso, agradecendo por todo apoio e carinho que sempre recebeu dos pais e da irmã Michelle, Miss Niterói.
“Minha família é a base de tudo. Eles sempre me apoiaram em tudo, no futebol e nos estudos. Se estou aqui hoje, é por causa deles”.
Confira a entrevista na íntegra:
Muito novo você foi para Dubai e fez um período de treinamentos com Casillas. Como foi essa oportunidade? E o que você aprendeu?
“Foi muito legal. Eu era recém chegado aqui no Botafogo e foi de surpresa que eu recebi a notícia que iria para lá ter aquela experiência inesquecível. Foram treinamentos com diversos treinadores de goleiros de países diferentes e pude aprender bastante lá”.
Qual é o seu objetivo e sua meta de carreira?
“Meu sonho, como todo mundo, é disputar uma Copa do Mundo e ser convocada para a Seleção Brasileira. Essa é minha meta principal, mas tenho que subir degrau por degrau”.
Fonte: Site da Rádio Tupi