Mesmo sem apresentar um bom futebol, o Botafogo venceu o Boavista por 1 a 0, gol de Fernandes aos 44 minutos do segundo tempo, e garantiu a liderança do Grupo B do Campeonato Carioca, com 22 pontos. Ricardo Gomes aproveitou a partida para fazer testes na equipe. Com um time pouco entrosado, o técnico afirmou que já esperava uma performance mais modesta, porém, elogiou a parte defensiva e explicou que para dominar um jogo, os atletas precisam se conhecer melhor.

“Os dois times modificados, faltou automatismo. No primeiro tempo ficou muito claro. Mas eu já esperava. É uma oportunidade para ver alguns jogadores. Neilton iniciando a partida, Emerson jogando, Diego, Jean… Isso tem um ganho, lá na frente. Se tivesse o time que vem jogando, seria outra performance. Mas eu gostei. O Boavista não deu um chute a gol no primeiro tempo. A parte defensiva estava resolvida. Para dominar o jogo, os jogadores precisam se conhecer mais”.

Com o bom início de ano, terminando a primeira fase do Carioca invicto (sete vitórias e um empate), Ricardo Gomes fez uma análise desse começo de temporada e creditou o bom momento à pré-temporada bem feita, mas disse que ainda é pouco para o restante do ano.

“Foi uma boa pré-temporada. Isso foi determinante. Parte física, muito bem trabalhada. Time organizado. Mas isso é muito pouco para o ano. São bons sinais, só isso. Não existem conclusões no início de março”.

Na abertura da segunda fase do Estadual, o Botafogo pega o Fluminense. Ricardo Gomes elogiou o adversário e afirmou que a partida será mais uma prova para o Glorioso.

“Será a estreia do Levir. O Fluminense tem um bom time. Tinha o Eduardo, que é bom treinador. Mais uma prova para o Botafogo. Fizemos uma boa campanha. Talvez que ninguém esperasse. E isso deixou todo mundo feliz. Mas feliz até amanhã”.

Fonte: Super Rádio Tupi