Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Túlio alfineta Assumpção, cansa da ‘vida boa’ e quer seguir passos de Joel Santana

0 comentários

Compartilhe

Túlio está cansado da vida de academia, cinema e jantares com a mulher Cristiane e os cinco filhos. Ele sonha em voltar ao futebol.

“Quero ser treinador, tenho muito a ensinar. Afinal fui treinado por muita gente boa”, diz o craque, que abandonou o futebol em fevereiro, após fazer seu milésimo gol (nas suas contas, é claro).

Qual seria o estilo do técnico Túlio? “Eu iria me espelhar em Joel Santana. Ele entende muito de futebol e consegue unir o grupo com exemplo e conversa. Não seria um treinador autoritário e que só dá bronca. Jogador precisa ser respeitado, não pode ser tratado com brutalidade”, diz.

Túlio faz questão de dizer repetidas vezes que não precisa de dinheiro. A volta aos estádios é um desejo de quem sempre amou o futebol. “Ganhei muito dinheiro e com a ajuda da Cristiane, guardei bastante. Não passo dificuldades, mas estou com saudades. Quero voltar rapidamente”.

A rotina diária do artilheiro é agradável. Muita gente a inveja. Acorda cedo, toma café com os filhos, vai até a academia com a mulher para se exercitar, almoçam juntos…Quase todo dia é assim. Quando muda, a parte variável também não é de se desprezar. “Vamos ao shopping ver um filme ou fazer compras”, diz.

Túlio também tem dado palestras. O nome é “Sem Limites e 100% Atitude”. “Eu falo que é possível superar todas as dificuldades que a vida nos coloca. A vida é feita de 1% de inspiração, 99% de transpiração…e 100% de atitude.”

Entre seus clientes estão a construtora Odebretch, a Oi, a Volskwagen e a Eletro Zema, loja do ramo de varejo e que foi parceira de Túlio na busca pelo tal milésimo gol. Esta busca é usado por Túlio em suas palestras. “Eu queria fazer o gol mil e fui atrás. Lutei por isso e consegui. Não me interessa se foi por um clube menor. Eu lutei e consegui”.

O gol mil foi conquistado em fevereiro, usando a camisa do Araxá contra o Mamoré, na segunda divisão de Minas. Não foi como ele imaginava, mas Túlio não se sente incomodado com isso. “Pelé deu aval ao meu milésimo gol. Então, os que querem duvidar, que duvidem. O Rei do Futebol está comigo”.

Mágoa existe, ele não nega, com Maurício Assumpção, presidente do Botafogo. “Eu queria fazer o milésimo gol com a camisa do Botafogo, mas ele não entendeu como esse evento poderia ser grandioso. Ele pensa pequeno. Basta ver o que fez com o Botafogo, um time glorioso que vive de vaquinha de torcedor para honrar compromisso com jogadores”.

Túlio agradece à Cristiane por ter a vida estabilizada. “Foi um anjo que caiu do céu na minha vida. É minha empresária, secretária, namorada, amante, tudo o que você puder imaginar”. É também a mãe dos gêmeos Tulianne e Christiann, de seis anos. Eles se juntaram a Marcella, Gabrielle e Túlio Jr (lateral direito das categorias de base do Vila Nova), filhos de outro casamento.

Com uma diferença. “Tulianne e Christiann foram batizados com o sobrenome Maravilha. Minha descendência agora está garantida”. Uma descendência maravilhosa.

Comentários