Nada abala a confiança de Tulio Maravilha no Botafogo. O ex-jogador do clube, que hoje faz palestras motivacionais pelo Brasil, acredita no título botafoguense, mesmo com a equipe de René Simões precisando vencer, no mínimo, por um gol de diferença para levar o jogo para os pênaltis.

“Estou confiante que o Botafogo vai surpreender e vai conseguir a virada por dois gols para ser campeão carioca”, afirmou o eterno camisa 7, que aposta justamente no número para escolher o seu candidato a herói no domingo.

“O conjunto e o apoio da torcida que está incentivando o time são os pontos chaves desse time. Estou confiante que o Pimpão, usando a mística camisa 7 do Botafogo, que foi minha, vai ser o herói do título”, disse sem titubear.

Longe do futebol após marcar o milésimo gol pelo Araxá no dia 8 de fevereiro do ano passado, Túlio garante que não tem contato com a diretoria capitaneada por Carlos Eduardo Pereira, mas quer ajudar o clube:

“Depois que lançar o documentário (sobre os 20 anos do título brasileiro de 1995, no dia 26 de maio) vamos estreitar as relações e vou me colocar à disposição da diretoria para passar minha experiência para o time, para a base. Quero me encaixar. Depois que o Mauricio Assumpção arruinou o clube, eles estão fazendo um bom trabalho e vão colher os frutos”, garante o Maravilha, que lembrou também do seu clássico inesquecível contra o Vasco.

“Meu jogo inesquecível é em 1995. Fazia mais de dois anos que não ganhávamos do Vasco. Meti dois, vencemos por 2 a 0 e acabamos com essa escrita”, encerra o artilheiro de 45 anos.

Fonte: Blog Na Bola - O Dia Online