Após mexer no ataque, Vagner Mancini tenta acertar o meio-campo do Botafogo em busca da primeira vitória no Brasileirão. As fichas do treinador estão depositadas sobre o jovem Daniel, que treinou nesta quinta-feira como titular no lugar de Jorge Wagner. Na lateral esquerda, como previsto, Junior Cesar substituiu o contestado Julio Cesar e deve iniciar a partida de domingo contra o Bahia.

Daniel deve ganhar chance contra o Bahia

Foto:  Divulgação

Ainda sem poder contar com Marcelo Mattos, que sente dores no quadril, o técnico não manterá Airton. No coletivo, ele optou por Bolatti, a fim de dar mais criatividade à equipe. Na lateral direita, não tem mistério. Lucas, suspenso, será substituído por Edilson. Poupado em razão de dores nas costas, Bolívar foi substituído por Dankler.

Tido como uma das principais revelações da base, Daniel começou a temporada com moral junto a Eduardo Hungaro, técnico na época, e teve seu contrato renovado. A multa rescisória foi elevada para quase R$ 62 milhões, mas, em campo, ele não correspondeu às expectativas.

Com a chegada de Mancini, o garoto de 20 anos ganhou uma injeção de ânimo e agradou ao novo comandante. Contra o Internacional, ele entrou no intervalo e teve boa atuação, que deve ser premiada com a titularidade contra o Bahia.

O objetivo do treinador é transformar o Botafogo em um time mais veloz, perigoso nos contra-ataques, como era o Atlético-PR no ano passado. Atravessando uma fase ruim, o experiente Jorge Wagner foi o escolhido para sair da equipe.

As mudanças feitas no ataque surtiram efeito rapidamente e a dupla Zeballos e Sheik acabou com o jejum de gols. No domingo, a torcida saberá se as substituições no meio serão tão eficazes.

Fonte: O Dia Online