O treinador do Botafogo, Alberto Valentim, mostrou-se muito nervoso após o apito final da derrota por 1 a 0 contra o Cruzeiro, no Mineirão, neste domingo (6). O resultado marcou a queda da invencibilidade do alvinegro no Campeonato Brasileiro.

Na saída de campo, o técnico se irritou e desceu aos vestiários discutindo com o preparador de goleiros do Cruzeiro, Robertinho,. Ele teve que ser segurado pelo estafe do clube carioca.

O momento da troca de farpas virou assunto entre os botafoguenses nas redes sociais.

Durante a partida, Valentim também chegou a bater boca com o técnico do Cruzeiro, Mano Menezes, em um lance em que Dedé reclamou de falta. O técnico da equipe carioca foi advertido pelo quarto árbitro auxiliar e não voltou a repetir a discussão.

Em campo, os jogadores das duas equipes não estavam no mesmo clima que seus comandantes após o apito final. Eles trocaram cumprimentos e camisas como é comum no fim dos jogos.

Fonte: UOL