O treinador Alberto Valentim analisou a derrota para o Vasco depois da partida e saiu em defesa de seus jogadores. Um dos mais criticados foi Marcinho, que foi vaiado pela torcida depois de ser facilmente batido por Riascos no segundo gol adversário.

— Ele deu a resposta em campo, estávamos em desvantagem e a torcida acabou vaiando. Mas o Márcio é um jogador que se entrega, é da base, é do Botafogo. Reflete muito o nosso elenco e vamos precisar muito dele na final. Não vamos nos entregar, vamos para ser campeões — comentou Valentim, relembrando que Marcinho se redimiu salvando uma bola em cima da linha depois.

Para a próxima partida, o Botafogo já tem um desfalque certo. Rodrigo Lindoso tomou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão automática. Titular durante todo o período em que Valentim esteve à frente do time, Lindoso também vinha sendo o capitão. Matheus Fernandes, que está se recuperando de lesão, e o Gustavo Bochecha, que ainda não jogou este ano, surgem como as apostas mais óbvias par a substitui-lo, por serem da posição. Valentim, porém, pede paciência.

— Sempre falo que jogador ganha posição nos treinos. Então preciso estudar, vou aproveitar a semana livre. Não preciso citar nomes. Mas vamos estudar direitinho as alternativas — disse o treinador, que vê com bons olhos as possibilidades da equipe. — O gol no fim dá sabor amargo, mas é um resultado que nos permite buscar o título — encerrou.

Fonte: Extra Online